Comfort Zone

Zona de Conforto

Dentro de 11 dias, sairemos para a nossa primeira viagem internacional como World Trip Diaries. E cada dia que passa, recebo mais e mais perguntas com relação ao meu trabalho, planos, como vamos nos sustentar e por ai vai.

Honestamente, essa é a pergunta mais difícil de responder, e nós não temos as respostas para elas. Temos planos, um para cada situação, mas se nada der certo, voltamos e começamos tudo novamente, sem remorsos e mais espertos.

Esta, é a minha última semana de trabalho no meu atual emprego. Mesmo tendo trabalhado os últimos quatro anos de casa, ter um funcionário 100% longe do escritório ainda não é aceitável. Então, depois de cinco anos e meio, estou de saída. Esse foi o maior tempo em uma única empresa.

Colocando isso tudo junto: viagem, trabalho remoto e saída da empresa, veio a decisão de começar a minha própria empresa, com os meus clientes e do meu jeito. Talvez o medo, a insegurança ou até mesmo a preguiça de sair da minha zona de conforto, tenha me impedido de colocar essa minha vontade em prática. Agora sou meu chefe.

Pois é, estou saindo da minha zona de conforto.

A minha zona de conforto era o lugar que eu tinha um emprego fixo, era pago mensalmente, tinha minhas dores de cabeça e crises de estresse e que no final tudo ficava bem, mesmo sabendo que isso repetiria-se todo mês.

Eu realmente gosto do que faço. Aliás venho fazendo isso há 16 anos. Nunca fiquei sem trabalho, nem sequer uma semana. Conhecimento? Contatos? Habilidade? Talvez tudo isso tenha feito com que eu nunca saísse da minha zona de conforto.

E agora…
Decisão de ir, ok.
Começar minha próprio consultoria, ok.
Ganhar dinheiro com isso, em execução.

Com tudo isso acima, as perguntas mudaram. Será que teremos o suficiente? As crianças terão o suficiente? Usaremos tudo o que temos para realizar um sonho? Ainda não temos essa resposta. Estamos a 4 meses na estrada e ainda estamos tentando controlar, reduzir e viver a vida fora a zona de conforto. Mas pelo outro lado, estamos mais felizes e aprendendo muito. E se você colocar essas duas coisas juntas, com certeza criará um lugar legal para se trabalhar, crescer e ter idéias incríveis.

Fácil, não?
E você, também está na zona de conforto?
Quer mudar?

Deixe um comentário, perguntas, dicas ou idéias. Vamos conversar!

2 respostas
  1. Vanessa
    Vanessa says:

    Olá!! Conheci hoje o site de vocês e não consegui parar de fuçar até agora rs. É exatamente algo assim que eu e meu marido mais desejamos fazer, mas ainda nos falta coragem e planejamento. Eu sou escritora e trabalho com preparação e revisão de textos; ele é engenheiro de computação e administrador, o que mais deseja é abrir a própria consultoria também! Nesse momento ele está tentando jogar play3 e eu aqui, narrando tudo que você escreveu kkkk (quem sabe eu consiga convencer ele a cairmos na estrada também 🙂 ).
    Boa sorte e boa viagem para toda família!!

    Responder
    • Thais Saito
      Thais Saito says:

      Vanessa, que gostoso ler isso! Olha, a gente não se arrependeu de ter dado esse passo, viu? Continue com a gente, adoramos compania! Beijo grande, Thais.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta