Yokohama com crianças (Japão para famílias)

Yokohama é uma das cidades mais lindas do Japão, fica perto de Tóquio, e tem de tudo! Lugar maravilhoso para incluir no itinerário do Japão!

Um pin pronto, feito pensando em ajudar! Clique no botão SAVE no topo da foto para salvar no Pinterest!

Tivemos 10 dias em Yokohama, Japão, no inverno, com as nossas crianças.

Foi divertido, e nesse tempo, tivemos clima ameno, quase de primavera, e um dia cheio de neve. A gente melhorou da gripe e foram dias lindos! Continue lendo para ver todo o nosso guia de Yokohama com crianças (Japão para famílias)!

Yokohama é uma cidade grande no Estado de Kanagawa, pertinho de Tóquio. Um passeio de Yokohama à Tóquio (ou vice-versa) demora só meia hora de trem, e pode ser feito em um dia, apesar de que eu acho que se deva ficar mais, porque Yokohama é muito legal!

Para encontrar hospedagem em Yokohama, clique aqui! (Link afiliado)

 

 

O que fazer em Yokohama com crianças

Tem muitos lugares para se visitar em Yokohama, e apesar da gente ter tido dias lindos, não conseguimos ver tudo!

Tem muitos shoppings (em todos os lugares, na verdade) e eles eram ótimos pra descansar do frio (ou do calor, no verão úmido e quente do Japão), mas tem muito mais do que isso. Tudo o que fizemos foi a pé. Foi o suficiente para nós, e nós amamos tudo!

An artificial pond reflecting the 2 buildings on the back. Yokohama is highly Instagrammable!

Minato Mirai é o centro comercial de Yokohama – tudo é lindo e altamente comercial.

Abaixo, as melhores atrações de Yokohama.

  • Uma visita a Minato Mirai

Minato Mirai é o centro comercial de Yokohama. Tudo é novo, brilhante, e muito, muito comercial. Também é muito divertido.

Passamos a maior parte dos nossos dias por lá porque a casa que alugamos era lá.

Sabe aquelas fotos de Yokohama de noite? São de lá.

E tudo fica mais bonito de noite – se estiver visitando, vale a pena ficar até depois do pôr do sol porque tudo, incluindo a roda gigante, acende e o cenário muda completamente!

A night shot of a ship and the Ferris wheel reflecting on the water. Yokohama is a beautiful city, very worth the visit while in Japan.

Eu sou a louca dos reflexos, você já deve saber disso. Esse barco é, na verdade, um museu, mas as minhas crianças não estavam interessadas. Dá para ver a roda gigante ao fundo.

  • Andar na Roda Gigante do Cosmo World, a Cosmo Clock

Não vou mentir, eu não fui. Odeio altura e as rodas gigantes, rodando devagar, são meu pesadelo.

MAS todas as crianças (tirando o #3) e o Angelo foram.

Custa ¥700 por pessoa e a volta dura uns 20 minutos. A altura máxima da roda gigante é de 108 m. Horripilante.

O melhor dessa roda gigante é o relógio. Ele é visível de muitos lugares, e a gente nem precisava ficar olhando a hora no celular.

De noite, a Cosmo Clock vira um painel de show de luzes, e vale a pena ficar assistindo por alguns minutos. Fica na área de Minato Mirai, super fácil de encontrar.

Aliás, toda a área do Cosmo World é aberta, você pode entrar e pagar só as atrações que for usar – tem até que bastante. A gente não foi em nenhuma outra porque nossa próxima parada era a Tokyo Disney.

Minato Mirai, Yokohama, Japan, reflecting on the waters of the sea. A stroll through the Bay area is a great (and free) thing to do in Yokohama with kids!

Esse é o Minato Mirai visto de dia, da baía de Yokohama. Consegue achar a roda gigante? E, pronto, 3 reflexos um depois do outro…

  • Uma caminhada pela baía de Yokohama

A gente se divertiu na área de Yokohama Bay. É linda e cheia de gente. Andamos de Minato Mirai e foi até que rápido, mesmo com crianças. Fomos até o parque Yamashita e voltamos, o que acabou sendo meio cansativo no final do dia, mas foi um ótimo exercício e uma caminhada super gostosa.

Fomos em um domingo, e vimos tantos cachorros fofos e esquisitos durante a caminhada! Foi demais.

Tomamos sorvete das máquinas de venda, ficamos vendo os cachorros, contamos quantos turistas (japoneses e extrangeiros) tiraram fotos em cada lugar – mas já esquecemos. Foi bem legal.

Lá têm passeios de barco também, para quem estiver interessado.

Kids #2 and 4 playing in a park in Yokohama, Japan. Japan is full of beautiful parks all over.

Estava um dia lindíssimo e as crianças estavam impressionadas com os pulos do menino que estava praticando parkour no parque.

  • Uma tarde no parque Yamashita

Nossa caminhada pela baía terminou no parque Yamashita, que é lindo. Tinha muitas famílias aproveitando o domingo de sol, turistas se divertindo nas máquinas de venda, pessoas andando com os cachorros!

A gente até pegou um menino treinando parkour e foi um show em si.

O parque é lindo e deve ser incrível durante o outono ou na primavera!

Leve um piquenique e aproveite um dia de sol no parque!

One of the streets in Yokohama - it reminded us of Canada, except for a few signs in Japanese.

Não consegui lembrar exatamente aonde essa rua ficava, mas nos lembrou muito do Canadá – menos essas placas em japonês. O Canadá também foi demais!

  • Uma volta por Yamate e Motomachi

Na volta para casa, passamos por Yamate e Motomachi. É uma vizinhança aonde extrangeiros e expatriados vivem mais. A arquitetura de algumas casas é bem européia, e é divertido ver as diferenças entre as casas tradicionais japonesas e essas mais ‘estranhas’.

A gente não fez nada além de andar, e foi legal, mas as crianças estavam cansadas e reclamando, então não paramos para ver nada em especial.

Yokohama, in Japan, with its buildings and a river just after sunset. It's a magical moment.

Acho que vou renomear esse post para ‘reflexos no Japão’. É quase uma doença. Essa foto foi tirada do World Porters, que foi um dos melhores lugares em Minato Mirai para fotos.

  • World Porters para comer, descansar, e fazer compras

É um shopping – grande, mas shopping. Só sei diferenciar esse porque ficava do lado do Cosmo World e a gente foi para tomar sorvete muitas vezes.

Até tentamos ver um filme, mas não tinha nada que A) fosse em inglês ou B) que a gente não tivesse visto.

Para ser muito honesta, tem uns 3000 shoppings em Yokohama, e eles são todos parecidos. Entre em qualquer um se estiver com fome, sede, ou cansaço. Todos eles são têm ar condicionado, tem comida, e lugar para sentar.

Kid #3 being part of an aboriginal totem. It's in the Trick Art Museum, in Yokohama, and it was super fun.

A gente adora arte ilusionista, é tão divertido! Isso é dentro do Trick Art Museum de Yokohama, no Landmark Plaza. We love trick art. It’s just so much fun! Inside the Trick Art Museum in Landmark Plaza.

  • Landmark Plaza

Esse é outro shopping, como os outros 2999, MAS esse tem a loja Donguri no Mori, que é uma loja que vende coisas Ghibli.

Do lado, tinha um Pokémon Center, uma loja do Snoopy, uma loja Disney. Por perto tinha uma loja Moomon e uma loja Jump. Então, para quem gosta de coisinhas de personagens, esse é um shopping legal para visitar.

E, nos dias chuvosos, tem um museu de arte ilusionista lá também. É menor, mas bem parecido com o de Odaiba, mas se você não foi em Odaiba e já estiver lá… Clique aqui para ler sobre a nossa visita ao Museu de Odaiba!

Yokohama Bay area is great for families with kids, as it has so much to offer! It's a great place to be!

Um barco na baía. Bom, essa foto não conta como reflexo, né? Deve ser porque não fui eu quem tirei, ha ha ha ha…

E essa foi a nossa lista de o quê fazer em Yokohama com crianças, mas é a mesma coisa para adultos que não bebem ou se drogam ou têm vida noturna.

Para comer em Yokohama

Têm muitos lugares para se comer bem em Yokohama, assim como no Japão todo, mas vou colocar aqui os nossos favoritos porque, de vez em quando, ajuda.

  • Hard Rock Cafe

A gente foi lá porque era o único lugar com mesa para 7 pessoas sem espera. A gente estava com um dos amigos do Angelo e, bom, era isso ou meia hora de espera.

O atendimento foi bom e a comida é igual a de qualquer outro Hard Rock do mundo.

Também é cheio de estrangeiros, provavelmente com saudades de uma comida que não inclua peixe, sopa de missô e arroz. Fica no Landmark Plaza, então, dá para aproveitar e fazer tudo.

  • Yankees

Fica no último andar do shopping Certe. É um shopping bem caidinho, e o restaurante era esquisito, mas entramos porque a gente estava cansado e com muita fome. Acabou que descobrimos uma comida deliciosa e o atendimento é excelente. Foi super bom, apesar de bem caro.

  • Tully’s Cafe

Uma cafeteria que existe pelo Japão todo. O café é delicioso, e todas as outras bebidas que a gente experimentou também. Parece muito com o Starbucks. É um lugar quentinho e gostoso para descansar um pouco enquanto se usa a internet (até que boa!).

  • Baskin & Robins 31

É uma sorveteria norte americana, bem comum por lá. Para os não norte-americanos, é uma delícia. A gente foi sempre que pôde porque Love Potion (poção do amor, em português, e é um dos sabores que vem com pedacinhos de chocolate em forma de coração). É divertido para todo mundo da família, e os bolos de sorvete são maravilhosos!

  • Ishigamaya Hamburger

É uma cadeia de restaurantes especializados em hambúrger japonês, delicioso.

* hambúrger japonês é só a carne do hambúrger conhecido por nós, servido com arroz, salada, sopa de missô, e as coisas japonesas comuns.

Eles falam muito, tem muitas instruções e tal, que deixam difícil para estrangeiros entenderem direito, e o Angelo disse que ele nunca mais voltaria lá porque ele não ia conseguir lidar com tantas perguntas e instruções. A comida em si é deliciosa e, se você achar que consegue se virar, experimente!

Não é para vegetarianos.

A pond reflecting the sky, trees and the bushes around it. Can you believe it's the same place as all those neon lit buildings? It is. Yokohama, you're great.

Quarto reflexo no mesmo post. Bom, para minha defesa, Yokohama oferece inúmeras oportunidades de se enxergar reflexos maravilhosos, eu PRECISEI. É quase um reflexo.

  • Ooofukuya Ramen

Um restaurante de ramen no World Porters (mencionado lá em cima). Comemos lá uma vez e, apesar do ramen ser bom, os nomes eram todos esquisitos e a gente demorou um tempo até encontrar o que queria. O legal dos restaurantes de ramen do Japão é que a gente pede a comida nas máquinas. Você escolhe, paga, e a máquina imprime os pedidos. Daí é só entregar para os funcionários e esperar seu ramen!

  • Meron-pan ice – ou pão de melão recheado com sorvete

Enquanto a gente tomava nosso sorvete no Baskin & Robins, o Angelo foi comer um melon-pan ice (o pão de melão recheado com sorvete), que é bem comum no Japão.

A placa da loja dizia, em japonês, ‘O segundo melhor melon-pan do mundo’, que nos divertiu.

  • Ueshima Coffee

Uma cafeteria gostosa, mas esquisita. Tudo era diferente do comum, uma versão hipster de uma cafeteria normal. Estava lotada, e era bem boa e confortável.

  • Cafe Lexcel

Café fresco e ótimo, com uma variedade enorme. O Angelo foi sozinho com o amigo e disse que estava excelente.

  • Starbucks

Porque, de vez em quando, tudo o que a gente quer é alguma coisa familiar. As bebidas especiais da época foram maravilhosas.

  • Toritatsu Kannai Bashadou-ten

Essa é uma janelinha em um prédio vendendo kara-aguê, que é o frango frito japonês. Paramos lá no nosso dia de neve para comprar o jantar. Tem uma variedade enorme que a gente não tinha visto em lugar nenhum, e todos estavam bons. É um jeito divertido de comer sem precisar cozinhar, enquanto se paga pouco. Experimente o com queijo e o de beni-shouga, que é o picles de gengibre vermelho.

  • Chinatown

São algumas ruas cheias de restaurantes e lojinhas chinesas. Diz a lenda que ali estão os melhores restaurantes chineses do Japão. Nós não comemos porque estava lotado e todos os lugares tinham fila. Considere visitar entre os horários de refeição.

Aonde ficar em Yokohama

Passamos os nossos dias nesse apartamento em Minato Mirai. É um apartamento bem bonito, novo, com tudo bem tecnológico e futurístico. O apartamento era excelente. Tirando o fato de que não tinha internet.

Bom, tinha, mas era limitada e dividida entre sei lá quantos apartamentos, então, claro que quando a gente chegou, o limite já tinha chegado. Foi bem irritante, e nenhuma das nossas outras opções de backup funcionaram, então tivemos que deixar o trabalho para depois. O bom é que o apartamento era bem quentinho e confortável E a gente se divertiu em Yokohama.

Clique aqui para receber um desconto no Airbnb, se você ainda não tem cadastro lá! A gente também recebe um desconto!

Yokohama's Chinatown with all the Chinese decoration and looks. It's definitely worth a stop!

Chinatown em toda a sua beleza. Quem não gosta de comida chinesa? E esse é o Angelo, todo impressionado com o que está vendo.

Para terminar…

A gente amou Yokohama! É uma das cidades aonde daria para a gente ficar muito mais tempo sem ficar entediado.

É linda, amigável, fácil de se andar, com muitas opções para todos os tipos de dias! Muito, muito amor!

Se você está planejando uma viagem ao Japão, recomendo que você tire alguns dias para conhecer Yokohama e se apaixonar também! Não se esqueça de dar uma olhada em tudo o que a gente tem sobre o Japão, porque é bastante coisa!

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Yokohama / Japão
  • 2 dias, mas quanto mais, melhor!
  • $$
  • Super bom!
  • Andar, mas o transporte público japonês é excelente!
  • SUPER seguro!
  • Muito!

 

SaveSave

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.