Viña del Mar e Valparaíso, Chile, com crianças

Pin it!

Passamos 2 semanas em Viña del Mar, Chile, em março de 2017. Vou contar aqui como foi.
Fomos de Santiago para Viña e de Viña para Santiago de onibus, com a Turbus. Foi tranquilo, e foi bom poder comprar as passagens online.

*Esse post contém link afiliado, o que quer dizer que a gente recebe uma porcentagem pequena se você compra/reserva pelo nosso link sem te custar nada a mais.

Alugamos esse apartamento pelo Airbnb (clique aqui para se cadastrar e receber um desconto – e de quebra, a gente também recebe um desconto do Airbnb!). É um apartamento OK, básico, mas bem localizado. É perto da praia, de restaurantes e quase todo o resto.

valparaiso chile

Nem todas as escadas de Valpo são assim, mas a maioria é!

A gente queria ir pra praia nadar todos os dias, mas as coisas nunca acontecem como a gente planeja. Quando chegamos, descobrimos que as praias não são aptas para banho. As ondas são muito altas e fortes e acaba sendo perigoso. A gente podia molhar os pés (ou o corpo todo, dependendo da força da onda, hahahah), mas não nadar. Com os planos jogados no lixo, a gente ainda quis ser otimista e tentar aproveitar ao máximo os dias de céu azul.

No final das contas, a gente acabou não fazendo metade do que a gente tinha planejado, mas foi tranquilo. A gente descansou, brincou na areia da praia, andou muito, foi ao cinema, tomou muito sorvete, e acabou não fazendo muito turismo.

vina del mar chile

Tem uns lugares bem lindos, essa cidade…

A gente foi ao Mall Marina para ir ao cinema algumas vezes e comprar algumas coisas. É um shopping grande, mas sem bons restaurantes. Pelo menos tinha filme com legendas e a gente conseguiu assistir em inglês – não acontece muito pela América do Sul, gente! O mercado desse shopping foi o pior. Nunca tinha carrinho (NUNCA) e quando a gente encontrava um perdido pelo shopping, a gente tinha que agarrar e segurar com todas as forças senão alguém vinha e tirava de você. E a cada 3 minutos chegava alguém pedindo o carrinho que a gente estava usando. Foi uma das experiências de compras mais estressantes da viagem.

Tivemos só duas refeições decentes por lá: no Tierra de Fuego, perto da praia. Comida ótima, atendimento bom (raríssimo na região) e incrivelmente caro. A gente pagou mais de US$ 150 e a gente nem toma vinho. A segunda vez foi no Entre Masas (não tem site, mas fica na 5 Norte 377) e foi uma surpresa. A gente estava esperando uma comida bem meia boca e quando comeu aquela comida deliciosa, quase choramos de emoção.

sea vina del mar chile

Passamos tanto tempo nessas pedras…

Castillo Wulff é um castelinho com vistas boas e visitas livres. A gente achou que poderia conhecer o castelo, mas só pode ver a parte de fora e 3 salas – uma das quais estava vazia. Foi gratuito, então, se tiver tempo, talvez valha a visita. A gente tinha tempo.

Por último, a gente foi para Valparaíso (ou Valpo, como os locais chamam). É uma vila fofa e colorida, de fácil acesso de Viña – uns 15 minutos de metrô. A gente tinha planejado ir pra Valpo algumas vezes durante a estadia, mas acabamos indo só uma vez.

sunset vina del mar wulff chile

O sol se punha bem atrás do Castillo Wulff, uma coisa linda!

Logo quando chegamos, tinha acabado de ter um tiroteio e tinha sangue por todos os lados. Sangue fresco, molhado, e muito. Foi tão horripilante que eu fiquei assustada o dia inteiro. O pior foi que as pessoas simplesmente desviavam do sangue (e, provavelmente, da pessoa sangrando) e continuavam a viver a vida como se fosse a coisa mais comum do mundo.
Tirou toda a minha vontade de continuar lá e me deixou neurótica o resto do dia.

Mas é fofo. As casas, as ruas, as escadas, as praças, tudo é colorido. Uma das melhores empanadas que a gente já comeu foi lá. O Mercadito Alegre tem as empanadas deliciosas e uns doces bem lindos. Não tem espaço pra sentar e comer além de um banco na frente da loja, mas valeu a pena (e foi a refeição mais barata e deliciosa que a gente teve naquelas semanas).

valparaiso night

As luzes de Valpo de noite, vistas de Viña. Um presente!

Eu ainda digo que vale a pena conhecer Valpo, mas a gente subiu e desceu de morro atrás de morro e não se divertiu. A gente nem encontrou os elevadores que dizem que existem.
A vista lá de cima do morro é linda. O mar é incrível!

Viña não foi nosso lugar favorito, mas não vou dizer que não foi bom. A gente amou andar na praia, sentar nas pedras e sentir gotinhas de mar espirrando na gente. Amamos ver Valpo acender de noite. Valpo de noite parece um morro de Natal, é incrível!

rental bike vina de mar chile

O exercício mais extrenuante de todos os tempos aqui.

A gente andou dia e noite e nunca se sentiu ameaçado (apesar de Valpo – mas nem foi nada com a gente, foi só o sangue, mesmo).
Se a gente for voltar – e a gente talvez nunca volte, já que a comida deixa a desejar – não ficaríamos tanto tempo. Um final de semana seria mais que suficiente.

Ah! A gente também andou em uma dessas coisas que parecem uma bicicleta e foi horrível! É tão duro, tão pesado, tão impossível! A gente alugou por meia hora e não conseguiu usar nem por 15 minutos. Foi divertido, a gente riu horrores, mas como cansa! A gente sentiu nossas pernas caindo por dias!

fire forest vina del mar chile

Uma parte pequena da floresta queimada, vista da janela do ônibus

E a gente esteve lá na época de incêndios, então tivemos que ficar um dia inteiro trancados dentro de casa por causa da fumaça e das cinzas que choveram o tempo todo. Também foi uma experiência não muito boa. A gente viu a parte queimada da floresta na volta para Santiago, e foi de quebrar o coração.

Um pouquinho de “Viña” e “Valpo” agora!

 

Você já curtiu a nossa página do Facebook? A gente posta fotos, pensamentos, e coisas do dia-a-dia!

4 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] Tivemos 4 semanas no Chile, entre fevereiro e março de 2017, divididas entre Santiago e Viña del Mar. […]

  2. […] para Viña del Mar de ônibus com o Turbus. A gente comprou a passagem online, o que foi ótimo, mas não precisava. […]

  3. […] única vez que a gente foi pra Valparaíso, Chile, a gente tinha acabado de sair do trem quando vimos um monte de gente falando rápido e […]

  4. […] check-out do apartamento de Viña del Mar (Chile) era ao meio dia. A gente tinha a passagem de ônibus para Santiago à 1:45 da tarde. Da […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta