Vibram Furoshiki e Five Fingers: os melhores sapatos para viagens!

Passamos mais de 2 anos viajando sem parar – e, na maior parte do tempo, só com mala de mão. Na nossa busca pelo melhor sapato de viagens, encontramos a Vibram e seus calçados incríveis. Nesse post, você vai encontrar o Vibram Furoshiki e o Five Fingers e uma ajudinha de como encontrar o seu par perfeito! 

The Vibram Five Fingers is one of the most comfortable shoes in the world, making it the perfect pair for travel.

O Five Fingers do Angelo quando tinha acabado de chegar!

* a Vibram nos mandou alguns pares para teste, mas as opiniões são 100% nossas

A primeira impressão dos Five Fingers

Nosso primeiro contato com eles foi o sapato Five Fingers, no Canadá. Eu acho horroroso, mas quem sou eu pra dizer alguma coisa? Vivi de Crocs pela maior parte da minha vida de mãe. Eu não usaria nunca, mas o Angelo e o João (12) quiseram, então compramos um par para cada e eles amaram. 

Era ótimo para conhecer pessoas: em cada lugar que a gente passava, vinha alguém perguntar alguma coisa ou fazer um comentário. Era verão, e foi o sapato perfeito para o verão: leve, sensação de pés descalços, com um tecido que deixava o pé respirar. 

E aí, depois de procurar pelo site deles por um par novo, encontrei o Furoshiki. A Mel (13) falou que eles eram horríveis de mais, mas eu amei e quis muito. Eu estava, mesmo, bem cansada dos meus sapatos de trilha super pesados e desconfortáveis no verão, e minhas sandálias maravilhosas da Merrell estavam ficando sem sola. Veja abaixo a minha sandália favorita! 

A Vibram nos mandou 3 pares: mais um par de Five Fingers para o Angelo e para o João, e um Furoshiki para mim. E testamos. 

Foi mais de um ano usando direto, e agora a gente se sente confortável em fazer uma avaliação justa. 

Avaliação dos sapatos Five Fingers

Não são bonitos. E parecem meias de dedinhos. Em países como o Japão, ouvimos muito as pessoas comentando que os meninos estavam usando meias sem sapatos. Veja o par escolhido pelo João! 

Para o verão, foi ótimo. Eles podiam usar em qualquer lugar. A versão mais leve podia ser usada da cidade para a praia, dentro da água, fora da água. Respira super bem e é extremamente confortável – como uma meia, mesmo. 

Mesmo que o chão estivesse bem quente, não queimava. Eles sentiam o calor, mas nem chegava a ser desconfortável. 

Foi o melhor sapato que eles já tiveram para passear, e eles ficaram 100% confortáveis durante todas as nossas caminhadas. 

Apesar de não dobrarem muito bem, eles entram em qualquer canto da mala, então é um ótimo par de sapatos extras para quem viaja leve ou para quem sempre está com a mala cheia. 

Para o inverno

O Angelo ficou confortável o suficiente o inverno inteiro – e olha que passamos pelo Japão, Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte, Irlanda, e País de Gales. Foi esse o par que ele escolheu – veja os últimos preços! 

O João disse que o pé dele ficava frio e não dava para usar dois pares de meias porque não cabe. Acabamos comprando um par de sapatos mais quentinhos para ele usar durante os meses mais frios. 

A Vibram até tem opções de inverno, mas são difíceis de encontrar nos tamanhos grandes (Angelo) e nos pequenos (João), então não conseguimos comprar pra nenhum deles. 

O Angelo ainda diz que são os melhores sapatos de viagens para homens, e eu arrisco dizer que algumas mulheres concordam! 

The Vibram Five Fingers are a lightweight, comfortable option. If you travel light, this is one great option for you!

Aqui vemos o Angelo andando pela Cidade de Quebec, no Canadá, como primeiro par de Five Fingers. Já faz mais de um ano e o sapato ainda está quase inteiro! Veja bem, quando se usa, não parece to esquisito quanto ele fica na caixa.

Prós e Contras dos sapatos Five Fingers da Vibram

Prós

  • São muitos modelos, cores e tamanhos para todas as pessoas e suas vidas
  • Cabe em qualquer canto (alguns modelos ficam menores do que outros, mas todos são bem menores que um tênis comum)
  • São extremamente confortáveis
  • Maravilha para começar conversas
  • Secam muito rápido
  • São super duráveis – mesmo depois de 1 ano de uso diário, várias lavagens e secagens, continua novo em folha

Clique aqui para ver toda a coleção!

Contras

  • As opções para quem tem pés pequenos ou grandes são bem mais limitadas
  • Demora-se um pouco mais do que sapatos normais para colocar cada dedo no seu devido buraco
  • Precisa de meias especiais ou usar sem meia

Avaliação dos sapatos Furoshiki da Vibram

Eu amei muito! 

Tenho um laranja do modelo original e, agora, comprei mais um. Veja aqui os preços na Amazon!

Mas primeiro, preciso fazer uma confissão: eu não gosto de sapatos. Não gosto, prefiro ter um par e usar em todos os lugares do que ter vários sapatos diferentes e lindos. 

E talvez seja por isso que eu tenha gostado tanto do Furoshiki. 

Eles ficam legais com jeans, com minha roupa de avião confortável, com minha roupa de mãe-indo-pro-mercado, com as minhas roupas de ginástica (ha ha ha ha), e com vestidos. Talvez não com roupas chiques, sociais, de festa, mas eu não tenho essas roupas, então…

Então, bom, ele funciona perfeitamente para suprir minhas necessidades de viagem e de mãe, e eu nem preciso carregar outro, se eu não quiser!

Amo todas as cores e modelos (são todos muito iguais, só com cores diferentes) e o quanto eles são fáceis de tirar e colocar! Clique para ver tudo.

The Vibram Furoshiki shoes pack super small, are unbelievably light and comfortable. It's definitely the best shoes for people who travel light.

Aqui o meu laranjinha depois de vários meses de uso, em Wanaka, na Nova Zelândia

Porque os sapatos Vibram Furoshiki são os melhores sapatos para quem viaja

  • Eles são sapatos barefoot, ou seja, têm a sensação de se andar descalço. Mais ou menos como usar meias. 
  • É perfeito para quem viaja de avião, porque eles são bem elásticos e pés inchados não causarão problemas. Aliás, nem sentir a necessidade de tirá-los eu sinto! 
  • Ah, e não tem metais, são bem discretos, então quase nunca precisa tirar para passar pelo raio-X. Eu não precisei nenhuma vez durante o mais de um ano viajando com ele. 
  • É muito, muito confortável. Dá pra andar o dia inteiro e, apesar de ficarem cansados, meus pés ficam bem. 
  • Ele seca muito rápido, então dá para lavar na pia do hotel e deixar secar durante a noite. 
  • Dá para usar dentro e fora da água sem problemas. 
  • O melhor de tudo é que vem em um saquinho e cabe em todos os cantinhos de qualquer mala. O meu sapato entrou perfeitamente dentro do meu cubo organizador de roupas íntimas! Aliás, se você não tem um cubo organizador, você precisa!
If you're looking for comfortable, breathable, lightweight shoes, then the Vibram Furoshiki are your shoes. They're all that and more! Click to see it!

Os meus dois pares de Furoshiki. Comprei um que era um pouco mais discreto, porque de vez em quando a gente não quer chamar tanta atenção

Só não se esqueça de comprar o Vibram Furshiki original. 

Eu tentei usar na praia uma vez, mas não deu muito certo. Bom, o problema é que fecha com 2 velcros e a areia ficava presa no velcro até ele não fechar mais. 

Funciona em areias molhadas e duras, mas não em areias fofinhas, como em dunas. Nem tente. Ou tente! 

As botas de inverno Furoshiki da Vibram

Eu amei meu Furoshiki de tal modo que queria a bota para a parte de inverno da nossa viagem, mas o preço era muito alto e eu não gosto de sapatos, então comprei a bota mais barata que encontrei. Funcionou por um mês, até ela começar a se desfazer. 

Aí precisei comprar uma Furoshiki. E se valeu a pena! 

A sola é um pouco mais grossa do que a dos sapatos, então protege mais do frio. Escorrega menos, o que é excelente para andar na neve e no gelo sem problemas. Ainda melhor com a sola Arctic Grip. Veja aqui! 

Ela é tão confortável, quentinha, e fofa, eu amei! 

O problema é que, claro que tem problemas – um pouco de água entra pela dobra e molha um pouco. Nunca molhou muito, mas mesmo um pouco é o suficiente para gelar a alma no inverno. 

E também não dá para tirar e colocar rapidinho como o modelo original. 

Mas tirando isso, foi o par de sapatos perfeito para o inverno. E ela também cabe em todos os cantos (apesar de vir em uma caixa gigantesca), o que faz dela excelente para quem viaja para lugares com climas diferentes! 

Para mim, foi o melhor sapato de inverno, sem dúvida! 

The Furoshiki boots by Vibram are warm, snuggly, and so comfy. There's yet to be a better winter boot than that!

A Melissa usando a bota Furoshiki no desfiladeiro de Moher (Cliffs of Moher) da Irlanda

Os prós e contras dos sapatos Furoshiki para quem viaja

Prós:

  • É absurdamente confortável
  • Acho lindas (mas o marido discorda) e as cores são lindas
  • É tão pequenininho que cabe em qualquer canto da bolsa
  • Não pesa quase nada
  • Lava e seca super rápido e fácil

Veja todos os modelos e cores aqui!

Contras:

  • Não tem tamanhos infantis
  • O velcro funciona perfeitamente em todos os lugares, menos na areia
  • Se tiver água, o pé vai molhar (menos com a bota, mais com o original)
  • Não tem tamanhos bem grandes

Porque os sapatos ‘pé-no-chão’ são excelentes para quem é desastrado… ou adolescente

Adolescentes crescem de um jeito engraçado. A minha mais velha é alta, mas tem os pés pequenininhos (1.70m com pé tamanho 35). Isso faz com que ela se desequilibre fácil. E os tornozelos dela também não são dos mais fortes. 

Barefoot shoes are great for walking because it feels like you're barefoot, really, while protecting your feet from harm!

Por causa da sensação de se andar descalço, eles oferecem estabilidade para quem precisa

Tentamos de tudo: botas de trilha, tênis de corrida, Crocs, chinelo, Ked’s, tudo! Até compramos uma palmilha personalizada para ela feita em um ortopedista. Nada funcionou. 

Até a gente comprar um par de Furoshiki. 

Ela odiou. Dizia que era feito e blá blá blá, mas usou. E foi ficando mais estável. Caiu menos. Não sentiu tanta dor nos pés. O tornozelo ficou menos frágil. 

Depois de alguns meses usando, ela pode voltar para os sapatos habituais sem problemas. 

Se você tem os mesmos problemas e está a procura de alguma coisa, experimente um deles. Sério. Veja algumas opções aqui!

Como escolher os melhores sapatos para a sua viagem

Consdere o seguinte: 

  • Quanto tempo vai durar sua viagem? 
  • Vai estar quente ou frio? Ou ambos?
  • Que tipo de roupas você está levando?
  • Que tipo de eventos e passeios você vai fazer?
Para quem viaja carregando pouca coisa, ter um sapato versátil é o ideal. Veja aqui a nossa escolha! #sapato #viajar #sapatodeviagem #viagem

Uma imagem prontinha para facilitar um pouco a vida de quem quer deixar para ler depois. Clique no botão vermelho SAVE no topo da imagem para adicionar ao Pinterest!

Claro, se você for fazer uma apresentação de negócios, ou vai a um casamento, ou uma viagem de esqui, um par de Five Fingers não vai ser muito legal. 

Mas se você costuma fazer várias coisas de turista, como caminhar, fazer compras, ir à praia, fazer trilhas leves, um parque ou outro, você só precisa de um par de sapatos confortáveis. Se for fazer isso, mas pretende ter jantares elegantes, leve um par de sapatos mais formal e um Furoshiki, porque ele quase não ocupa espaço, mesmo. Leve o Original para climas mais quentes e as botas para um lugar mais friozinho. Ou ambos, se for uma viagem por vários climas! 

Só lembre-se de ter um par de sapatos confortáveis, seja um Furoshiki ou um Five Fingers, ou o seu queridinho de sempre. Se você não vive sem saltos, leve o seu (mas também leve um sapato mais esportivo)!

Como fazer a transição de sapatos comuns para sapatos barefoot (ou pé-no-chão)

Não é de uma hora pra outra. 

There are many styles of Vibram barefoot shoes to choose from. Click here and find one suitable for your needs!

Esses são os nossos. Tem tantos modelos pra se escolher que fica até difícil!

Vá com calma. 

Use pela vizinhança uma vez. Veja como você se sente. Aí dê uma volta mais longa. E mais longa. 

Seus pés estão acostumados com os amortecedores, provavelmente. Dê tempo ao tempo para se ajustar e se acostumar. Assim, os resultados costumam ser melhores. 

Ou seja como eu e vá para um dia inteiro de pé passeando com ele. Bom, meus calcanhares doeram no final do dia, mas com sapatos normais, eu sentia dores em outros lugares. 

Só saibam que eu costumo ficar descalça em casa, então estava acostumada à sensação. 

Quanto tempo um Five Fingers ou um Furoshiki dura?

O Angelo usou o mesmo par por mais de um ano sem parar. Ele tirava, lavava, secava, e usava de novo (não lavava todos os dias, só uma vez por semana, mais ou menos). Ainda está 100% perfeito. Clique na imagem para ver o que ele mais usou! 

O primeiro par que ele comprou ainda está ótimo, mas é uma versão mais geladinha, então não foi usada durante o inverno. 

O meu Furoshiki ficou um pouco mais gasto. Ele fica com uns fiozinhos soltos de vez em quando que eu corto quando me incomodam, mas mesmo assim, continua perfeito. 

Para terminar…

Se estiver em dúvida, sugiro que você experimente! 

A gente ama e, por todas as razões citadas acima, achamos, mesmo, que esses sejam os melhores pares de sapatos de viagem que existem! 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.