Uma semana em Cartagena, na Colômbia, com crianças e um dia em uma ilha privada

Cartagena, na Colômbia, é uma cidade altamente turística, mas isso não tira o seu charme. É o destino perfeito para umas férias em família!

Um pin pronto para facilitar um pouco a vida!

No final da nossa viagem pela América Central, tivemos uma semana em Cartagena porque a gente simplesmente não pôde deixar de ir. A Colômbia nunca deixa a desenhar, e Cartagena foi uma delícia! Passamos uma semana em Cartagena, na Colômbia, com crianças.

Cartagena de Índias fica no Norte da Colômbia, com clima tropical (quente, muito quente, o ano todo), e é um lugar lindíssimo. A Cidade Murada, ou a parte da cidade rodeada por muros, é a parte famosa e dá pra entender, é deslumbrante. Também é a única cidade murada da América do Sul e um Patrimônio da Humanidade segundo a Unesco.

* esse post contem links afiliados. Se você comprar alguma coisa clicando nele, não vai custar nada a mais pra você, mas nós recebemos uma pequena porcentagem. 

 

 

Hospedagem para família em Cartagena

Opção econômica:

Passamos os nossos dias no Hotel Marie Real, dentro da Cidade Murada. Chegamos tarde da noite por causa dos atrasos dos vôos (obrigada, Avianca), mas nossa carona estava lá. Bom, como eu não falo muito espanhol, não consegui manter uma conversa decente, mas para a minha surpresa, nossos motoristas eram o dono e o advogado do hotel. Haha foi engraçado.

O atendimento lá foi bom durante toda a nossa estadia, e todos os problemas que tivemos foram resolvidos.

É bem localizado, fica perto dos supermercados, de tudo, na verdade. E tinha uma cozinha – sem muitos utensílios e nada para se lavar a louça, mas uma pessoa vinha todas as manhãs lavar tudo. Achamos muito estranho, isso, mas é assim que eles trabalham lá.

A vista durante o pôr do sol é estupenda, eu poderia ficar olhando e suspirando o tempo todo.

The sunsets in Cartagena, Colombia, were just magical. We all loved watching it from the top floor of the hotel, even though the mosquitos weren't really nice most days.

Essa é a vista do último andar do Hotel Marie Real durante o pôr do sol. Fala se não é para se apaixonar?

Opção mais luxuosa:

Nosso últido dia foi no Hotel Caribe porque a Avianca atrasou nosso vôo e eles pagaram. A comida era boa, mesmo a nossa comida ‘gratuita’, tinha piscina, toalhas fofinhas e… CHUVEIRO QUENTE! Um sonho. Não, na verdade. O ar condicionado estava quebrado ou alguma coisa, mas estava geladíssimo o tempo todo, mesmo desligado. A gente dormiu de calça, meia e blusa de frio.

O melhor desse hotel, contudo, foram os animais. A gente estava andando casualmente (nem lembro o que a gente estava fazendo) e vimos cervos andando ali, no meio dos hóspedes, tranquilos. Um pouco depois, uma preguiça, andando devagar pela grama, até passar no meio de nós – estava tão perto que a gente podia encostar, se quisesse – para chegar ao outro lado, também gramado, vai entender.

Foi muito legal.

A Coral amou o parquinho.

Esse fica em Bocagrande, então é um pouco longe da parte murada, mas fica na parte moderna de Cartagena.

We weren't expecting to see a sloth in Cartagena, but we did. It was one of the highlights of this trip for the kids, as it came really, really close, and it wasn't scared of us at all.

Essa é a preguiça que a gente viu no Hotel Caribe. Não ligou a mínima pra gente e, se eu não tivesse saído do meio do caminho, teria passado por cima mesmo.

O melhor de Cartagena para famílias com crianças

O melhor dos melhores é simplesmente andar! É tão maravilhoso, mas tão maravilhoso, que a gente só fez isso. Andamos, tomamos umas águas de coco, andamos, tomamos um café, andamos, comemos, andamos. As crianças reclamaram bastante do calor, mas não tem muito o que se fazer.

Mas claro, tem algumas coisas incríveis para se fazer também.

Andar pela Cidade Murada

A parte murada da cidade é viva, colorida, e tão incrivelmente bonita! A gente andou por 3 dias só por lá e valeu muito a pena! Todo lugar é lindo, e as pessoas são excelentes! Uma vez, um cara tentou vender chapéu pra gente e a gente recusou. A gente estava completamente perdidos, e ele percebeu. A gente falou aonde a gente queria ir e ninguém conhecia a rua. Ele saiu perguntando por todos os lugares, mas ninguém sabia. Agradecemos, falamos pra deixar pra lá e continuamos andando. Ele nos encontrou uns minutos depois pra nos falar o caminho.

Isso ainda aconteceu mais algumas vezes, até a gente resolver comprar um chip de celular local – os mapas offline não estavam funcionando por algum motivo por lá.

Lá tem muitos museus, cafés, restaurantes, lojas, e, enfim, é o suficiente para ocupar a família toda por pelo menos alguns dias.

If there's one beautiful town in the world, it would be the Walled City in Cartagena, Colombia. The colorful houses, the beautiful people, it's stunning!

Andar dentro da cidade murada foi maravilhoso. Tinha um quê da Cidade de Quebec, só que mais colorida, mais autêntica, mais feliz.

Chocomuseo

Para a nossa surpresa, tinha um Chocomuseo lá! Decidimos fazer o workshop de novo porque a Coral não parou de pedir desde que viu a loja. Dessa vez, fizemos o curtinho, em que a gente só fazia o chocolate. Foi divertido, como deveria ser. A gente adorou! E tem ar condicionado, o que é maravilhoso no calor! Só na parte do workshop, mas tem. haha.

A loja em si é bem divertida, e eles têm o museu e a cafeteria lá também. É diferente de filial pra filial, então todas merecem a visita, mesmo que você não vá fazer o curso.

All of the most incredible things we find during our travels with kids is found walking aimlessly around. This street in Cartagena, Colombia, was a beauty.

Como eu não tenho nenhuma foto decente do Chocomuseo, vai essa da família andando a caminho dele.

 

 

Caminhar em cima dos muros

Foi meio complicado, já que o muro não é uma coisa contínua. Teve muito sobe-e-desce, mas a vista de lá de cima é muito linda.

É, também, bem quente e ensolarado, então não se esqueça do chapéu e da água. Se bem que tem gente vendendo os dois por lá, então mesmo que você esqueça, não é o fim do mundo.

There is some kind of magic on walled cities, and Cartagena, in Colombia, is one of those cities. Great fun and learning experience for kids and adults alike!

A fortificação em volta da parte antiga de Cartagena é incrível! Esse túnel é a única entrada e saída de veículos da Cidade Murada.

Uma parada na praia

A gente não foi pra praia da cidade, mas visitamos uma ilha privada. Falo mais sobre isso daqui a pouco.

Tem, porém, algumas praias em Cartagena, mesmo, então, se você tem tempo, o Caribe não costuma desapontar.

Uma parada em Bocagrande

Bocagrande é a parte moderna da cidade, com prédios altos, shoppings, e restaurantes famosos. A gente tinha planos de ir conhecer mais no nosso último dia, mas acabamos nem saindo do hotel de tão gostoso que estava por lá. Da próxima vez, vamos. Se você sente falta da modernidade, deve conseguir se reabastecer lá.

The contrast between the Walled City of Cartagena and the modern part of the same city, in Bocagrande (Colombia) was enormous. It was one great thing for the kids to see, and for us too.

Andando pelo muro, a gente viu Bocagrande. Os prédios altos não parecem fazer parte da mesma cidade. O contraste é incrível.

Tomar um café no Juan Valdez

Juan Valdez é a Starbucks colombiana. Eu ainda prefiro a Juan Valdez, acho o café deles divino, tudo perfeito. E eu nem gosto de café. O chai deles é uma delícia. a gente parava lá pra pegar uns salgados antes de voltar pro hotel. É delicioso, barato, e tem ar condicionado.

Beber limonada ou laranjada de algum vendedor de rua

Quando a gente estava andando, principalmente fora dos muros, a gente via MUITOS vendedores de suco. O legal é que eles fazem o suco dentro de aquários (sem peixe). Eles fazem lá mesmo. Muitos locais estavam tomando, então acredito que seja seguro. A gente sempre ficava de experimentar, mas acabou perdendo a chance. Tem muitos vendedores, então dá pra escolher o que parecer mais limpo.

Comprar um docinho de alguma das barracas perto da Torre do Relógio

Logo na entrada da Torre do Relógio, da parte murada da cidade, tem várias barracas de doces. Coco con arequipe, sim por favor! É basicamente cocada com doce de leite, mas tinha de vários sabores diferentes! Dá pra escolher muitos! Tinha muitos suspiros, e outras sobremesas tradicionais, mas nem consigo me lembrar mais. Muito açúcar acaba com o cérebro, olha o meu – acabado.

Colombian food in general is great and delicious, and so are its sweets. There's no way not to overeat.

Jarras e jarras de cocadas de todos os sabores e cores e amores. Ah, não existe coisa mais deliciosa que cocada, não? Uma pena que as crianças não gostem. Tive que comer sozinha. Triste.

Compre uma fruta de algum dos ambulantes

Tem muita gente vendendo frutas por lá. Homens cortando mangas e mulheres, em vestidos tradicionais, carregando frutas na cabeça, no melhor estilo Carmen Miranda. É um lanche saudável, barato, e gostoso para quando bate uma fominha durante o dia.

Eu amo coco, que dá a água mais deliciosa do mundo e depois ainda me dá a carne macia, doce e suculenta que só o coco tem. Perfeito! Eu sempre peço pra abrirem e nunca ninguém reclamou. Lá em Cartagena, até soltarem a carne do coco da casca eles fazem. É bem legal de ver!

Andar em volta da Cidade Murada

A parte murada é linda, mas a parte de fora também é. As coisas ficam mais baratas lá, apesar de ser bem menos viva e cheia: e isso pode ser bom ou ruim, dependendo do que você quer. Dá pra caminhar beirando o mar, ver peixes, o Bucanero (museu pirata, mas estava fechado para reforma quando fomos), ver as pessoas andando, tomar um café, ou só descansar. Amamos também!

The pirates were common around the Caribbean and now they have a pirate museum - that was closed, unfortunately - there. Should be fun!

Bem na saída da Cidade Murada, fica o Bucanero. É (ou era) um museu pirata em um navio… pirata. Deve ser bem divertido, mas infelizmente, estava fechado para reforma enquanto a gente estava lá.

Um dia em uma ilha privada

Foi demais. A gente conversou com a moça que vendia pacotes turísticos no hotel e ela nos recomendou vários passeios diferentes. Decidimos ir para uma ilha privada, porque a gente estava com saudades da praia e, bom, não era tão caro. Os preços variavam de 45 000 COP à 130 000 COP por pessoa, incluindo transporte até o porto, do porto até a ilha, e da ilha até o porto (mas não de volta pro hotel, estranhamente), e almoço. O preço dependia da distância de Cartagena até a ilha, e da infraestrutura da ilha.

 

 

A gente ficou em dúvida entre a Ilha do Pirata e a Bendita Beach.

A Ilha do Pirata era mais barata, mas não tem praia. O acesso ao mar é por escadas – e o mar é como se fossem piscinas naturais. É a ilha mais próxima de Cartagena, e tem até hotel.

Bendita Beach, por outro lado, não tem nada. Nem hotel, nem restaurante. A comida é feita na cozinha dos funcionários. MAS… não tinha mais ninguém visitando na sexta. Seria só a gente. Como poderíamos dizer não para uma ilha deserta?

A private island tour from Cartagena is a must! What a great (and rich) experience it was to have an island all to ourselves!

Silêncio, sereias descansando. Na ‘nossa’ ilha. Logo que a gente chegou, a primeira coisa que as crianças disseram foi ‘Já gostei desse passeio’.

Às 8:30, nosso motorista chegou. Ele nos levou pro píer, aonde o piloto da lancha estava esperando por nós. A moça que nos vendeu o passeio estava lá também. O Angelo foi pagar a taxa portuária e a gente foi para o barco. Colocamos os coletes salva vidas e nos divertimos muito. O barco era rápido, e apesar da viagem ter demorado mais de uma hora, foi lindo e delicioso que nem ficamos cansados.

Eles passaram pelas outras ilhas para a gente ver, e fomos para a ‘nossa’ ilha.

Bendita Beach estava vazia, e maravilhosa. A areia era branca e limpa, a água tinha aquela cor inacreditável, e era tão transparente que dava pra ver tudo até o fundo.

Depois de jogar as nossas coisas em uma das camas, fomos direto pra água. Pegamos uns snorkels emprestados e nos esbaldamos.

Tinha TANTOS PEIXES lá que era inacreditável! Estavam por todos os lados, nadando entre nós, como se a gente não fosse nada. Que lindeza!

Bendita Beach was one piece of heaven. Oh, the Caribbeans! This was one of the things the kids loved about our trip!

Esse mar, minha gente, que foi o mais transparente e azul que a gente já viu na vida!

Fomos interrompidos chamados algumas vezes para tomar um coquetel (que parecia um gole de um concentrado de suco, na verdade) e almoço. Bom, o almoço estava divino. Simples, mas perfeito. A gente devorou nossa comida e foi passear pelo resto da ilha. É pequena para a gente dar uma volta a pé em meia hora, ver tartarugas marinhas bebês  que eles resgataram (ou eles disseram que resgataram), e voltar pra água.

Passamos quase o dia todo na água, na verdade.

Depois de um tempo, fomos chamados de novo porque a gente tinha que ir embora. Tinha uma tempestade chegando (e tinha mesmo uma nuvem preta enorme se aproximando). A gente foi dizer adeus às tartarugas e foi embora.

A volta de barco foi incrível, ainda mais bonita do que a ida: a luz estava maravilhosa. A Coral (5) dormiu o tempo todo.

Very few things in life can top a private island experience. It'll be hard to get the kids used to the regular beaches now.

Foi um dia nublado, por sorte. É o nosso tipo preferido de dias: não fica tão quente, não queima tanto, e dá para aproveitar muito, mas muito mais!

Durante a maior parte do dia, a gente teve a ilha só para nós. Dois barcos vieram durante o dia, as pessoas ficavam meia hora, uma hora, e iam embora. Esse pula-pula de ilhas parece bem comum.

O piloto do barco foi legal o suficiente para nos deixar no píer pertinho da Cidade Murada, daonde a gente conseguiu andar até em casa.

Foi um dia tão gostoso que a gente chegou a pensar em pegar outro passeio, mas tivemos problemas com a companhia aérea e perdemos 2 dias só tentando resolver a bagaça, acabamos nem tendo tempo. Mas só esse dia valeu a pena!

Como acontece com a maioria das ilhas de lá, elas são fruto do narcotráfico. Depois que o negócio foi cortado, o governo pegou as ilhas de volta e começou a revender as ilhas. As construções do narcotráfico não podem ser demolidas, então a maioria das ilhas ainda tem as ruínas.

After a full day in an island all alone, we had one terrific motor boat ride back to the city. What an incredible family day out!

A volta da ilha para Cartagena foi a coisa mais linda. Esse céu, esse mar, o vento, e um cansaço gostoso. Foi um dia perfeito!

O que você vai precisar em Cartagena

Roupas de verão, roupa de banho, chapéu, sapatos confortáveis. Só.

Dá pra comprar de tudo por lá, então não precisa levar muita coisa.

Uma coisa que me deixou mordida de raiva foi a falta de alguma câmera que pudesse ser colocada debaixo da água. A nossa Polaroid Cube com a capa de água morreu na Costa Rica. A gente decidiu não comprar outra, e não teve outra decisão que nos deixou mais arrependidos desde então.

Se você for para o Caribe, LEVE UMA CÂMERA DE ÁGUA. Sério. Ou pegue uma capa a prova d`água para o seu celular, mas saiba que você vai querer tirar fotos debaixo da água.

The sunsets in Cartagena, Colombia, were stunning. Anywhere and everywhere, they are worth the time! Take the kids to watch it and just enjoy or start a conversation about science: the colors, refraction, reflection, and a lot more!

Outro pôr do sol, para dar um tchau à Cartagena, sua linda!

Para terminar, nossa tabela de sempre

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Cartagena de Índias / Colômbia
  • Uma semana
  • $$
  • Excelente!
  • Os pés!
  • Achamos tranquilo, apesar da gente não ter saído de noite!
  • MUITO!

Você já experimentou usar o Flipboard? Segue a gente lá também!

 

SaveSave

SaveSaveSaveSaveSaveSaveSaveSave

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.