Um pequeno guia da Nicarágua para famílias com crianças: Granada, Masaya e Manágua

Visitamos a Nicarágua com os nossos filhos e amamos. A Nicarágua é um país diverso, lindíssimo, e incrivelmente acessível. Clique para saber mais

Um pin para facilitar a vida

A gente teve 3 semanas na Nicarágua em setembro de 2017. Já escrevi sobre León, e hoje, vou falar sobre Granada, Masaya, Manágua, e sobre a Nicarágua como um todo para famílias com crianças. Ficou tudo junto porque a gente ficou meio doente nesse meio tempo e não saiu para passear.

* esse post contem links afiliados. Se você comprar alguma coisa clicando nele, não vai custar nada a mais pra você, mas nós recebemos uma pequena porcentagem. 

Tudo sobre a Nicarágua para famílias

A Nicarágua foi um dos países mais econômicos que a gente encontrou até hoje. A maior parte das Américas acabou sendo extremamente cara. Esse foi um dos únicos países aonde a gente, como uma família de 6 pessoas, conseguiu sair pra comer fora e não pagar US 100 por refeição.

As pessoas foram extremamente amáveis, a gente se sentiu super bem por aqui. Foi uma sensação maravilhosa.

 

 

As camas foram bem mais confortáveis do que na Costa Rica. Isso é tão importante pra nós, já que quando a gente não descansa, a gente fica irritadiço e briguento o dia todo.

A parte ruim: é quente, e os chuveiros são sempre frios. A eletricidade e a água acabam do nada. Não tem muito o que fazer quando acontece além de esperar, já que costumam voltar rápido o suficiente. A internet também não é boa, mas é usável.

A gente não fez nada muito extravagante lá porque a gente estava meio doente e porque a gente tinha gastado todo o nosso dinheiro na Costa Rica. Bom, a gente até tentou ir num passeio aonde eles soltam os bebês tartarugas no mar, mas não tivemos sorte. Não tinha nenhum ovo chocando nesse tempo.

No geral, achamos a Nicarágua uma ótima opção para quem viaja economicamente e para quem viaja extravagantemente. Há opções para todos!

Nicaragua is one great country to take the kids to! It's safe, beautiful, the food is great, and it's still very affordable!

Essa é a Praça Central de Granada – ou uma parte dela.

Dicas para quem vai viajar para a Nicarágua

– Tenha repelente! Os pernilongos estão em todos os lugares. A gente não teve problemas em León porque eles tinham acabado de dedetizar a cidade toda (sim, a cidade inteira), mas em todos os outros lugares, terra dos pernilongos. Além do quê, as portas e janelas não fecham perfeitamente e os bichos entram pelas frestas.

– O chocolate da Nicarágua é estranho. Não é gostoso, nem o caro. Desisti.

– Por outro lado, o café é excelente.

– A comida e a acomodação são razoavelmente baratas, mas o ar condicionado não é tão comum – e é quente pra caramba.

– Os chuveiros são 90%  gelados – sem opção de esquentar.

– A comida é excelente na Nicarágua, aliás. Coisa boa!

– A gente não visitou nenhuma floresta, só as cidade, e mesmo assim a gente viu MUITOS insetos estranhos, um rato, morcegos, um monte de lagartos e pássaros. É divertido tentar descobrir o que cada bicho é.

– A gente pagou 2 córdobas por um saco de água (água é vendida em saquinhos!), 30 por um negocinho de bolhas de sabão, e 10 por um algodão doce. 1 USD = 30 córdobas em setembro de 2017.

– Tome cuidado com a conjuntivite. Tem um surto desde 2013. Não é divertido e diminuiu nossa viagem em vários dias, já que é extremamente contagioso.

– Leve dólares americanos. Logo na imigração do aeroporto, eles cobram US$ 10 por pessoa por um cartão do turista. Mesmo para bebês a taxa é cobrada. Eles aceitam cartão de crédito, mas o nosso estava dando problema no sistema deles. Por sorte, a gente tinha esse dinheiro em dólares americanos.

People don't often visit Managua, Nicaragua's Capital, but we loved it! Even the kids had fun there.

O pôr do sol de Manágua foi mágico, um dos mais lindos que a gnete já viu até hoje

 

Dirigir na Nicarágua

A gente alugou um carro e funcionou bem. Era menor do que a gente queria, mas couberam todas as nossas coisas direitinho, encaixado como se fosse Lego (e precisava ir em uma certa ordem, senão não encaixava), e as mochilas pequenas iam com a gente. Eles levaram o carro até o hotel (que ficava do lado do aeroporto) e nós usamos felizes na primeira semana. Recebemos uma mensagem pedindo pra gente trocar de carro, porque o que a gente estava usando tinha sido vendido. A gente se ofereceu para levar o carro até a central de Manágua porque a gente ia passar por lá no caminho entre León e Granada e fomos. Quando chegamos lá, a moça nos falou pra esperar fora do escritório, no sol, com as crianças e as malas, por 10 minutos, até o novo carro chegar. Enfiamos as coisas no carro novo e saímos. Em 5 minutos, voltamos. Formigas começaram a sair por todas as entradas de ar do carro. Pedimos por outro carro, porque aquele não ia dar. Descobriram, enquanto a gente esperava de novo do lado de fora da locadora, que tinha um ninho de formigas no carro. Jogaram veneno e tiraram o ninho, e queriam que a gente ficasse com o carro recém desformigado, mas ainda com formigas saindo, e a gente recusou. No final de meia hora, eles decidiram nos mandar embora com o mesmo carro que a gente tinha levado porque eles tinham pedido.

Alguns dias depois, recebemos outra mensagem falando que precisavam, mesmo, do carro e que iriam buscar e deixar outro carro com a gente. A gente disse que não queria o carro das formigas e eles podiam ir buscar o carro e fechar o contrato ou levar um melhor. Eles decidiram deixar a gente quietos com o carro.

Granada, in Nicaragua, is a small colonial town with brightly colored houses, mountains, volcanos, crater lakes, and just so much more!

As casas de Granada são lindas, todas coloridas

Não que tenha sido muito trabalhoso, mas encheu o saco, sinceramente. Eles precisam melhorar muito o atendimento.

E, aliás, pesquisem muito antes de alugar um carro. A gente saiu perguntando para os nossos anfitriões sobre locadoras porque online, estava dando quase o dobro do que a gente pagou.

As estradas não são ruins, apesar de que algumas partes são bem esburacadas. Você precisa tomar cuidado, porque tem buracos (alguns pequenos, e alguns são assassinos, sério), vacas, cavalos, cachorros, pessoas, bicicletas, moto-taxis, ônibus, caminhões, enfim, tudo o que você pode imaginar atravessa a rua a todo e qualquer momento, sem nunca se preocupar com quem está em volta. É bem medonho, então mantenha a velocidade baixa e a atenção a todo o tempo.

Foi ótimo ter um carro, já que a gente tinha a liberdade de parar espontaneamente e fazer o que a gente tinha vontade. Não é necessário, porque existem taxis, transfers, taxis coletivos, e ônibus, que são baratos lá. É só a comodidade, mesmo.

Se você for parado pela polícia, a chance é grande deles apreenderem sua carteira de motorista até você pagar a multa em um banco e voltar com o comprovante para pegar sua carteira. A gente teve esse probleminha uma vez por causa de uma conversão proibida.

Driving in Nicaragua is a lot like driving anywhere in Latin America: crazy, chaotic, and yet, a great experience!

Apesar do trânsito pesado e das regras loucas de trânsito, dirigir por lá foi bem legal

Clima na Nicarágua

É sempre quente, não precisa de blusas. Sério.

A época de chuvas vai de maio a outubro e a seca vai de novembro à abril.

  • País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Nicarágua
  • uma semana
  • $
  • Maravilhoso!
  • Carro
  • 100%!
  • SIM!

Granada

A gente teve uma semana em Granada, mas chegamos com conjuntivite e ela demorou 4 dias para ir embora, então a gente só teve 3 dias úteis lá. A cidade é linda, colorida, e fofa, mas é bem pequena e os ambulantes são bem grudendos e insistentes, foi bem irritante. A gente falava não, continuava andando e eles vinham andando junto, falando, falando, falando, por uns 10 minutos toda vez. Em todos os lugares, a gente perdia meia hora de passeio com gente tentando fazer a gente comprar alguma coisa. Parecia muito Salvador. Como não tinha acontecido em León, eu achei que não ia acontecer, mas aconteceu e foi estressante.

Uma semana em Granada, acho que foi muito. Uns 2 ou 3 dias seriam mais do que suficiente para todos, até pra nós.

Granada is small and laid back compared to the other cities in Nicaragua. Take your time, walk around, and enjoy one of the oldest cities in the Americas.

A igreja icônica de Granada – ela é muito, muito linda. Achamos até mais bonita que a Catedral Branca de León

As melhores coisas de Granada

– Uma visita ao Chocomuseo. Foi divertido, e tivemos um mini-passeio guiado com um dos funcionários lá, que foi bem engraçado e legal. A comida, entretanto, não foi boa. A gente estava esperando alguma coisa maravilhosa, como no Chocomuseo do Peru, mas não foi. Eles têm uma árvore de cacau lá, e vale a visita só para ver a árvore.

– Uma visita à Calle La Calzada. A gente foi de dia e de noite, e foi lindo nos dois. É uma rua só de pedestres, cheia de restaurantes e lojinhas.

– Passar algum tempo na praça principal. A Plaza Central é aonde você encontra a linda catedral laranja da cidade. É uma praça bem grande, cheia de quiosques e um monte de carruagens. Os cavalos, todos magros, tristes, e alguns estavam até machucados. Terror.

– Tome um café na Casa del Café, logo depois da praça principal. Café excelente, empanadas deliciosas, e barato!

– Ver o Lago Cocibolca. Só não vá muito perto, ou escolha algum lugar mais limpo. A gente foi perto da cidade, beirando o murinho, e tentou ficar um tempo, mas não conseguiu. Estava cheirando a lixo. Andamos meia hora pra chegar lá e passamos 3 minutos vendo o lago. Tem vários lugares para sentar e apreciar o lago mas que são longe o suficiente para não precisar sentir o cheiro.

Alugamos esse Airbnb e é uma casa grande, com ar condicionado nos quartos, mas nada na sala e cozinha. A gente gostou, dava pra ir até o centro andando, e tinha 2 supermercados bem perto. Até mesmo o incidente do rato (que entrou pela lavanderia – fechada só por uma grade, sem paredes ou portas) não conseguiu fazer a gente não gostar da casa. Foi excelente ter uma casa grande, com 2 banheiros, máquina de lavar e cozinha só para a gente. A gente até cozinhou todos os dias!

(Se você é novo no Airbnb, clique aqui para receber um desconto na sua primeira reserva – e a gente recebe um também, sem custo nenhum pra você)

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Granada / Nicarágua
  • 2 dias
  • $
  • Bem legal!
  • Andar, já que é uma cidade pequena!
  • Super seguro
  • SIM!
There are many lakes in Nicaragua - a lot of them formed in volcano craters. It's pretty cool and a great geography lesson for the kids!

Esse é o Lago Cocibolca. É lindo, mas estava cheirando bem mal

Vulcão Masaya Volcano, aonde dá pra ver a lava, com crianças

No caminho para Manágua, decidimos parar no vulcão para ver a lava. Dá pra ir até a cratera de carro (ou ônibus, dependendo de como você decidir ir), então é um passeio para todo mundo.

A gente foi até a entrada, aonde pagamos uma taxa (100 córdobas por pessoa, locais pagam menos, durante o dia, e US$ 10 por pessoa de noite), recebemos as pulseiras, e fomos encaminhados para o museu. Fomos, assinamos um livro com os nomes dos visitantes, andamos pelo museu, aprendemos um pouco sobre vulcões, e foi ver a cratera. O museu é gratuito.

Chegamos no vulcão depois de um caminho rápido e em ótimas condições (vimos umas iguanas bebês no caminho). A gente precisou estacionar o carro em posição de saída e podia ficar 5 minutos, no máximo, por causa dos gases.

Ver a cratera soltando fumaça e fazendo barulho é bem incrível, mas a gente não viu lava nenhuma. A Coral ficou bem desapontada.

Some people were lucky enough to watch real lava in Masaya Volcano, but we didn't. It was smoking badly and we couldn't see a thing. It was still fun though.

Foi isso que a gente viu lá do vulcão. Olhando para baixo, só dava para ver fumaça, infelizmente

Manágua

A gente passou nossa primeira noite e os últimos 6 dias de Nicarágua lá. Estava quente, a gente estava cansado, e acabou não fazendo muito. Mesmo assim, tem algumas coisas que ninguém pode perder lá.

O melhor de Manágua para famílias

– Ver as árvores coloridas da janela do avião. Quando a gente estava chegando, eu só consegui ver uma linha colorida no meio das luzes brancas das casas e ruas. Aí, no caminho entre o aeroporto e o hotel, vimos de perto. Elas estão por todas as partes, iluminando e colorindo a cidade.

– Depois, ver as árvores na praça. Não sei como ela chama, mas fica lá, entre o museu do Papa (sim), o Paseo Xolotlan, e o pier antigo. Vá depois do pôr do sol, ou pouco antes disso e se prepare: O por do sol é lindo, muito lindo. Foi legal também ver o guarda acendendo cada uma das árvores.

– Andar pelo Paseo Xolotlan. Tem uma vista linda do lago, um parque aquático, umas miniaturas das cidades. Quando a gente foi, as luzes da cidade em miniatura estavam piscando e a gente ficou procurando Demogorgon, mas ele não deu o ar da graça.

– Visitar a Plaza de La Revolución e o Parque Central. São lindos, eles enchem de vida de noite, com crianças brincando nas fontes de água coloridas, andando, correndo, ou só aproveitando. Foi uma das coisas mais gostosas que a gente fez por lá, com certeza. É lindo de dia e de noite. Só pra garantir que você vá ver tudo, vá no final da tarde, veja o por do sol do Paseo Xolotlan, veja as árvores iluminadas, e volte pra praça de noite. Vale a pena. Tudo fica perto, uns 5 minutos de caminhada entre eles.

Managua was a lovely surprise: we were told it was a creepy, weird city but we found out it's lively, full of people enjoying it day and night! Great place for families

A Plaza de La Revolución foi uma surpresa boa! A gente não esperava tanta vida de noite, e foi maravilhoso ver as pessoas aproveitando a cidade

– Coma na Cocina de Doña Haydee para experimentar uma comida autêntica da Nicarágua. É delicioso, sério.

– Compre uma rede de lembrança. Por US$ 10, a gente comprou uma rede ótima para levar para casa. Não vai ser divertido carregar, mas vai ser uma lembrança ótima. Compramos no Mercado Central.

Escrevemos sobre León aqui, tem todos os detalhes.

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Manágua / Nicarágua
  • 3 dias
  • $
  • Excelente!
  • Carro, infelizmente.
  • É mais seguro em algumas vizinhanças do que outras, mas no geral, no nos sentimos ameaçados nunca
  • SIM!!!

Para finalizar

A Nicarágua é um lugar extremamente bom para famílias, e é lindo, além de ser econômico.

É um destino perfeito! Na nossa próxima visita, queremos dar um pulo na praia, nas Ilhas do Milho!

Espero que esse guia seja útil e que você vá lá seguir a gente no Facebook também! Falamos de tudo lá!

 

SaveSave

SaveSave

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.