Okunoshima: A Ilha dos Coelhos (Hiroshima, Japão)

Existe uma ilhazinha em Hiroshima chamada Okunoshima (Japão). É uma ilha cheia de coelhos. Visitamos com as crianças e vou contar tudo sobre Okunoshima: a Ilha dos Coelhos (Hiroshima, Japão). Veja o que a gente já falou sobre o Japão aqui!

Use this image to save it to Pinterest and read later!
Uma imagem prontinha para facilitar um pouco a vida de quem quer deixar para ler depois. Clique no botão vermelho SAVE no topo da imagem para adicionar ao Pinterest!

A Ilha dos Coelhos do Japão

Okunoshima era uma ilha aonde o Japão produzia gases tóxicos durante a Segunda Guerra Mundial. Eles usavam os coelhos lá para testar a eficácia dos gases, provavelmente. 

Mas aí a guerra acabou, a fábrica de gás foi abandonada e os coelhos abandonados à própria sorte. E, como coelhos, eles procriaram. Muito. E agora, a Ilha dos Coelhos é uma das atrações turísticas mais famosas de Hiroshima.  

A ilha não cobra nenhuma taxa de entrada, mas para chegar lá, você precisa pegar a balsa e comprar algumas comidas de coelho (e de humano).

Enquanto alguns coelhos corriam atrás da gente pedindo comida, outros nem se davam ao trabalho de levantar do lugar. Alguns nem ligaram quando a gente colocava comida ali na frente deles.

O melhor da Ilha dos Coelhos (Japão)

Não tem muito, já que a ilha é pequena, mas tem atividades o suficiente para encher umas 4 horas ou mais, se você quiser fazer tudo. Se você está vindo da cidade de Hiroshima, tire o dia todo para visitar a ilha! 

  • A maior atração é, claro, alimentar e brincar com os coelhos. São muitos coelhos e você vai ter várias chances. Não acabe toda a sua comida com os primeiros coelhos que encontrar. 
  • Existem muitas trilhas pela ilha, a maioria bem curtinha (uns 20 minutos). A caminhada em volta da ilha toda dura umas 2 horas. 
  • Dá também para se alugar bicicletas, que é um jeito mais rápido e menos cansativo de se cruzar a ilha. Infelizmente, limita a interação com os coelhos. 
  • E se você quiser, pode nadar – se o tempo estiver bom – na praia pequenininha de lá.
  • Tire um tempinho para ver o museu do gás (pago). Custa ¥100 por pessoa e a visita dura uma meia hora. 
  • E tem o hotel com restaurante e café para um descanso merecido – e sem coelhos pedindo comida. 
A gente estava andando e eu mexi na sacola de lixo pra jogar um papel fora e eles apareceram correndo como um raio. Fofos, muito fofos!

Vale a pena visitar a Ilha dos Coelhos de Hiroshima?

Os coelhos de Okunoshima são lindos, não há dúvidas. Eles não são maltratados nem nada, mas eles estão abandonados. Aparantemente, pessoas até levam seus coelhos indesejados para lá quando não os querem mais. 

Então, enquanto alguns coelhos estão lindos e saudáveis e felizes, outros estão doentes, machucados, ou em estados bem complicados. 

Se você não é o tipo da pessoa que vai ficar triste e deprimido por causa disso, é um lugar legal. Se você é mais sensível, pode ficar bem impactado. 

Okunoshima, a Ilha dos Coelhos (Hiroshima, Japão), é obviamente uma ilha. Isso quer dizer que é cercada pelo mar. Por incrível que pareça, só tem um pedacinho de praia aonde é possível nadar.

Visitando a Ilha dos Coelhos do Japão com crianças

Nós fomos com as crianças e, no começo, estávamos todos felizes e contentes. Os primeiros coelhos que vieram até nós eram lindos e felizes. Mas quanto mais a gente andava, mais a gente via os coelhos machucados e doentes. Depois de uma hora, a gente estava pronto pra ir embora. 

As crianças amaram brincar com os coelhos, dar comida, e tal, e a gente estava sempre lembrando que eles precisavam ser gentis com os bichos. 

Mas a gente viu, na ilha, crianças agarrando coelhos de jeitos que não eram muito legais. 

Então, apesar de ser uma atração excelente para famílias no Japão, você precisa estar de olho e lembrar seus filhos de ser respeitoso com os animais. O tempo todo. 

Eles comem tanto que cansam, coitadinhos. Só jogue a primeira pedra quem não tem teto de vidro. Se eu não ligasse pro monte de cocô no chão, ia deitar com eles.

Quanto tempo dura uma visita à Ilha dos Coelhos, Japão?

Eu diria que umas 2 horas é o suficiente, sinceramente. É tempo para andar pela ilha, alimentar coelhos, ver as paisagens lindas, o museu, e tomar um sorvete. Umas 3 horas, se você quiser comer uma refeição completa no hotel. Ou 5 horas se a ideia é conhecer as trilhas e os segredos da ilha. 

A melhor época para se visitar Okunoshima, a Ilha dos Coelhos

  • Qualquer dia de sol serve – porque não tem muitos lugares cobertos na ilha. 
  • De manhã bem cedinho ou no final da tarde são os melhores horários: menos gente, melhor luz para fotos e tudo o mais. 
  • Se puder, visite em um dia de primavera – mas ensolarado! – porque é na primavera que nascem os bebês, e eles são lin-dos! (aliás, a primavera do Japão é entre abril e junho).
  • Mas dá para visitar durante o inverno também, já que – nos disseram – esses coelhos não hibernam! 
Ensine suas crianças a serem gentis e delicadas com esses bichinhos. É uma lição valiosa que eles vão levar pra vida toda!

Como chegar em Okunoshima

Dá mais ou menos uma hora e meia de Hiroshima ao porto de Tadanoumi. De lá, você pega uma balsa (¥600 por adulto e ¥320 por criança, ida e volta) para Okunoshima. 

A balsa é de uns 10 minutos.  

Dicas para quem vai visitar Okunoshima

  • Visite em um dia ensolarado. Pode até ser um dia nublado, mas não em dias chuvosos!
  • Compre comida de coelho antes de ir, já que não se vende comida de coelho na ilha. 
  • Dá pra comprar comida em qualquer pet shop OU você pode levar uma cabeça de alface, algumas cenouras, e etc. A gente viu várias pessoas fazendo isso e, como eu queria ter pensado nisso! Os coelhos preferem o natural também! – e em último caso, na loja aonde você vai comprar o tíquete da balsa vende saquinhos de comida de coelho. 
  • Não dê comida humana para os coelhos. 
  • Na ilha, tem restaurante e máquinas de bebidas. Não se preocupe em levar comida para você, se não quiser. 
  • Leve água para encher as bacias de água dos coelhos pela ilha. Tem algumas torneiras espalhadas pela ilha, aonde você pode encher sua garrafa e distribuir para os coelhos. Algumas bacias ficam bem longe das torneiras e acabam ficando vazias por algum tempo. 
  • Preste atenção por aonde você anda, já que tem tocas de coelhos e cocô por todos os lugares. E também tem coelhos que aparecem do nada. 
  • Veja o horário das balsas e se programe ao redor disso. 
  • Lembre de levar chapéu e protetor solar, porque não tem muito abrigo pela ilha. 
  • E leve álcool em gel, porque não tem sabonete nos banheiros da ilha. O único lugar que tinha era no hotel e ele fica bem longe do porto. 
  • Não tem lixo na ilha. Você precisa levar o seu lixo embora com você. Leve uma sacolinha para isso. 
  • A entrada na ilha é gratuita, e para que continue assin, respeite os animais, os trabalhadores locais, e as regras da ilha.
Dá pra ver o bebezinho na foto? Na verdade, todos os coelhos dessa foto (até o dono dessa orelha solitária) eram bebês, mas alguns eram maiores.

Para terminar…

A gente não vai voltar pra lá, mas foi um dia que as crianças gostaram bastante. Eles nunca tiveram a chance de ver coelhos selvagens (vivos) daquele jeito, e se divertiram bastante. 

Os coelhos de Okunoshima são super fofos e não têm medo de humanos, o que fez do passeio ainda mais legal! 

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Okunoshima / Japão
  • 1 hora
  • $$
  • Muito legal
  • Os pés!
  • Tranquilíssimo
  • Para quem gosta de coelhos…
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.