O melhor de Kagoshima, Japão, para famílias

Kagoshima é a cidade mais ao sul do Japão – tirando Okinawa, claro. Visitamos e tivemos uns dias maravilhosos por lá. Descubra o melhor de Kagoshima, Japão, para famílias! 

Use essa imagem para salvar o artigo no Pinterest e encontre mais fácil quando tiver tempo para ler!
Salve o artigo no Pinterest clicando no botão Pin it! no topo da imagem! Assim fica mais fácil de encontrar mais tarde!

* esse post contém links afiliados – eles não custam nada para você e nos dão uma pequena comissão

Aonde fica Kagoshima?

Na ilha de Kyushu, no sul do Japão – se você não contar Okinawa, que fica lá, no meio do oceano. 

A região tem muito orgulho da sua produção de mangas (chamadas ‘ovos do sol’ e das frutas cítricas. É um lugar bem diferente para se visitar.   

Se você está procurando um lugar para conhecer em Kyushu, porque não a última cidade, Kagoshima?

Se você está pensando em alugar uma internet móvel no Japão, clique aqui ou use o códio WTD10 na página de pagamento para receber 10% de desconto com a Ninja Wifi

O melhor de Kagoshima com os filhos

Como não é um lugar super turístico, não têm lá muitas atrações turísticas em Kagoshima. Ainda assim, é um lugar lindo para se ter uns dias tranquilos. Se o tempo estiver bom, alugue um carro e dê uma volta pelas redondezas! 

Vou listar abaixo as melhores atrações de Kagoshima, incluindo algumas coisas que a gente queria ter feito!

Experimente uma raspadinha no Tenmonkan Mujaki

Isso é uma coisa que aparece em todos os guias da cidade, então decidimos experimentar. A raspadinha principal chama Shirokuma (Urso Branco) e é enorme. Mas deixa eu contar como foi. 

Kagoshima's famous shaved ice: a big bowl of shave dice with condensed milk and many pieces of fruits: kiwi, banana, mandarins, cherries, even beans and sweet potato
O nosso Shirokuma: não gostamos. Enorme, e cheio de frutas estranhas que não combinavam. Haha, mas foi divertido.

A gente foi levado à mesa e recebemos os menus. Tinha que pedir uma raspadinha por pessoa ou o enorme Shirokuma para 3 pessoas. A gente precisava pedir 2 do gigante ou 6 pequenos, ou alguma coisa assim. Então pedimos. 

E, bom… não foi gostoso. É o gelo raspado com leite condensado, algumas frutas e… batata doce. 

Não conseguimos terminar. Bom, é uma das maiores atrações da cidade, então experimente! Quem sabe? 

Kagoma Furusato Yataimura

O lado de fora do Furusato Yataimura. O interior é praticamente um labirinto de restaurantezinhos

Essa praça de alimentação a céu aberto também está em todos os guias de Kagoshima. Todos os restaurantes lá são em estilo Izakaya (bar, aonde se bebe álcool e se fuma, infelizmente), e com comidas muito boas. A maioria é bem carinha, aliás, foi um dos restaurantes mais caros que a gente experimentou no Japão. 

São tantos, tantos restaurantezinhos (cada um com espaço para 6~10 clientes). O bom é que a comida era muito boa, mesmo, e tinha tanta comida diferente que foi fácil escolher o que comer. 

O ruim é que é permitido fumar e as pessoas fumam mesmo. Também é pequeno e caro, mas é delicioso. 

Shiroyama Parque e Observatório

Resolvi mostrar aqui uma vista da cidade, não do vulcão, já que abaixo vêm várias fotos do vulcão. Haha. Eu adorei a cidade, achei lindinha.

Quem quer conhecer a melhor vista da cidade, precisa subir uma montanha. No caso de Kagoshima, essa montanha é o monte Shiroyama. 

O bom é que dá pra ir quase até o topo de carro (ou ônibus). O ruim é que fica tão lotado quanto a Disney. Mas a vista do vulcão de Sakurajima é linda e, de bônus, dá pra ver a cidade toda. 

Desafio: encontre o torii e o castelinho. 

Visite uma das ruas comerciais da cidade

Kagoshima tem seus ‘shoppings’ em ruas. São ruas só para pedestres (se bem que tem bastante gente de bicicleta) com comércios por todos os cantos. As melhores comidas das cidades do Japão ficam nessas ruazinhas e as lojinhas variam, desde coisas incríveis a lojinhas velhinhas, quebradinhas e centenárias. Todas valem uma visita, mesmo que você não vá comprar nada!

Uma das ruazinhas, aonde a gente encontrou comidas deliciosas e estátuas divertidíssimas para brincar. E o melhor, apesar de não terem ar condicionado, elas oferecem proteção contra a chuva e o sol forte do meio dia.

O que a gente queria ter feito, mas não conseguiu:

A gente não teve tempo de conhecer tudo, mas se você quiser, dê uma olhada no site de turismo de Kagoshima e escolha mais atividades!

  • experimentar um banho de areia
  • visitar o Centro de Ciências

Sakurajima com os filhos

Tem essa ilhazinha perto de Kagoshima chamada Sakurajima. É um ícone por causa do vulcão de Sakurajima, visível de qualquer lugar da cidade. 

O vulcão Sakurajima é lindo e super ativo – ele erupciona mais de 100 vezes por ano! De acordo com o centro de informações de Sakurajima, foram mais de 200 erupções em 2018!

Decidi postar primeiro a foto do vulcão vista do observatório de Shiroyama. Vê o topo do vulcão coberto? Parece nuvem, mas é a fumaça!!!

Mas em 2019, o vulcão está um pouco mais calmo. 

Eles oferecem esse manual de instruções explicando o que fazer quando chove cinza (!!!), erupciona, etc. É engraçado, mas super útil caso você tenha a chance de experimentar alguma coisa assim! 

A ilha tem vários pontos de observação, campos de lava, fazendas, e muito mais. É o melhor passeio das redondezas de Kagoshima! 

Como chegar em Sakurajima

Um dos campos de lava de Sakurajima. Repare no tamanho das pedras! A cinza no chão é grossa, bem diferente da cinza comum.

Dá para ir de carro, por pontes – é uma viagem mais longa. Do centro de Kagoshima até Miyajima, dá mais ou menos 1 hora. 

Ou dá para ir de balsa, que demora uns 20 minutos. 

A balsa para Sakurajima sai do porto e é facinho. São várias balsas por dia (mais ou menos uma por hora) e eles também oferecem um passeio mais longo, mais cênico, chamado Yorimichi Cruise. Esse passeio sai só uma ou duas vezes por dia, então olhe nas placas e no site deles para mais informações. 

A balsa é paga em Sakurajima (na ida e na volta), então é fácil e descomplicado. E é barato, custando ¥160 por adulto e ¥60 por criança (até 12 anos). Se for de carro, sai mais caro e o preço varia de acordo com o tamanho do carro. O nosso tinha entre 4 e 5 m de comprimento, então pagamos ¥1600 pelo carro (inclui motorista) + o resto da família (3 adultos e 2 crianças). 

Eu adorei ver o vulcão estando em Kagoshima porque, na maioria das vezes, ele fica do outro lado do mar. Mas a vista das crateras, lá pertinho do vulcão também é demais!

O que fazer em Sakurajima

Uma volta pela ilha toda dá mais ou menos 1 hora de carro. Com várias paradas, dá pra fazer tranquilamente em 1 dia. Veja abaixo o melhor de Sakurajima! 

DICA: se você gosta de gatos, leve algumas comidas para gatos e distribua. São muitos gatos pela ilha, e eles ficam todos famintos! Deu uma tristeza imensa. Não tem nenhuma placa dizendo para não alimentar os gatos na ilha, então, aproveite!

Observe o vulcão, claro

São muitos lugares para se ver o vulcão, até de Kagoshima. 

Na ilha, a melhor vista que a gente teve foi em uma ruazinha residencial. O vulcão crescia no meio das casinhas e estava soltando muita fumaça. Mas eu fiquei olhando sem conseguir nem respirar de tão lindo que não tirei foto. 

Então, dê umas voltas e descubra o seu lugar favorito! 

São muitos abrigos por toda a ilha de Sakurajima. Alguns são assim, quadrados, outros são redondos, alguns são redondos e cobertos por plantas – uma coisa bem Hobbit. Muito legal ver os diferentes tipos de abrigos!
Visite o Centro de Informações ao Turista (Tourist Information Site)

É um museuzinho + lojinha bem legais. A gente aprendeu bastante sobre esse vulcão em particular. Dá até pra comprar coisinhas, como um tubinho para guardar lava ou areia vulcânica, que foi difícil resistir, mas achei que não iam deixar a gente entrar na NZ com isso, então não compramos. 

E tinha uma vestinha cheia de artesanato das velhinhas de Sakurajima. Você pega o que quiser e deixa o dinheiro na caixinha ao lado. Achei tão fofo! Só seja justo e deixe dinheiro suficiente ou não pegue nada. 

Visite uma fazenda de nabo

Aparentemente, os nabos de Sakurajima são os maiores do mundo! A colheita é entre janeiro e fevereiro. 

No Centro de Visitantes de Sakurajima. O museu é pequeno, mas é muito divertido e altamente interativo! É legal para todo mundo, não só para quem tem crianças.
Visite a fazenda de mexericas de Sakurajima

Ao contrário dos nabos, as mexericas de Sakurajima são pequenininhas! A colheita também é entre janeiro e fevereiro. 

Visite o torii soterrado

O torii de Kurokami fica ao lado da escola Kurokami. Tem um caminhozinho estreito bem ao lado. O torii fica tão bem enterrado que dá até pra passar direto. Visite! É uma amostra de como um vulcão pode ser perigoso! 

Parque dos Dinossauros de Sakurajima

Lá tem esse parquinho cheio de estátuas de dinossauros (e alguns outros animais aleatórios), e o ponto alto é o escorregador de 50 m. 

Esse é o escorregador. Bem comprido, mas ele é lento, então dá para qualquer pessoa ir. Só tomem cuidado com os dedinhos pequenos, que podem ficar presos no meio dos rolos. Ui!

É meio difícil chegar lá, já que a rua é estreita, subida, e longa. 

O parque é… OK. Minhas crianças correram para o escorregador e saíram cheias de… cocô de pássaro. OK, eu morri de rir (eles também riram), mas deu nojo. 

Então, olhe bem antes de escorregar. 😀

Praça do Observatório Akamizu

Lá tem essa escultura bem famosa (no Japão) que foi construída em comemoração a um show que encheu Sakurajima. 

A vista do vulcão de lá é linda e tem gatinhos fofíssimos! Tem também uma área coberta, aonde você pode fazer um picnic, descansar, e aproveitar a vista. 

Essa escultura está em todos os guias de Sakurajima, não poderíamos deixar passar em branco. Quando a gente viu, achou que foi em homenagem a um músico que morreu em uma erupção do vulcão, mas não foi. Ainda bem. É para honrar um show que lotou a cidade, colocando 10x mais pessoas do que o número de habitantes da ilha por lá.

A melhor vista do vulcão de Sakurajima

‘Melhor’ é altamente subjetivo, mas esse foi o meu segundo lugar favorito. 

Yunohira Lookout

Esse observatório é alto e perto o suficiente do vulcão para se ver as crateras (SIM, o vulcão tem DUAS crateras!) e todo o sistema de controle de lava. Quando a gente esteve lá, a cratera  sul estava soltando muita, muita fumaça. Aí ela parou do nada e a cratera norte começou. Estava lindo! 

É incrível como as pessoas conseguem viver lá normalmente, com tanta erupção! 

Em Yunohira, eles têm vários pisos em formato de coração. Diz a lenda que se você encontrar todos, vai ter uma vida amoroza feliz. A gente só encontrou esse, então provavelmente teremos uma vida sem amor. 😀

Aonde ficar em Kagoshima

Passamos os nossos dias no My Stays Kagoshima. Precisamos de 2 quartos para a nossa família de 6 pessoas, então foi meio caro, mas OK. 

O café da manhã era bom e o pessoal foi bem legal. 

Eles têm um estacionamento, mas carros grandes ou altos não entram, então precisamos pagar por um estacionamento externo. 

Em alguns observatórios, tinha essas caixas com capacetes para segurança, caso o vulcão entre em erupção. Haha, é melhor estar preparado, né?

Ele é super bem localizado e tem vistas lindas do vulcão de Sakurajima (depende do quarto que se pega). 

Eles oferecem amostras de produtos de beleza, que foram ótimos e ajudaram bastante!

Comida de Kagoshima

Kagoshima é famosa por suas frutas cítricas e mangas! Encontra-se em todos os lugares e eles são deliciosos e… caros. 

Experimente todos! A gente amou o hyuganatsu (um limão meio doce) e até as laranjas levemente amargas. 

Eles também são famosos pelo Satsuma Aguê (um bolinho de peixe frito) e o kurobuta e o kuroushi – o porco e a vaca de pêlo preto que vivem na região. 

Esse é o torii soterrado por cinzas vulcânicas. Lá ao lado tem um mini museu em um abrigo pequenininho também. Uma pena que é quase inteiro em japonês.

Os mais aventureiros, podem experimentar o tori-sashi (sashimi de frango, ou seja, frangu cru). 

Para terminar… Turismo em Kagoshima para famílias

A gente adorou Kagoshima. É tão verde e quentinho (era quase verão, então, obviamente estaria quente) e lindo! O vulcão dá um toque extra à cidade e ainda tem muito para explorar por lá! 

Descubra mais sobre o Japão com crianças aqui! 

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Kagoshima / Japão
  • 2 days
  • $$
  • Excelente
  • bondes e ônibus
  • Super seguro
  • Sim!
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.