Um dia em Nara, Japão, com crianças

Nara é uma cidade pequena pertinho de Osaka e Kyoto (sendo assim um ótimo passeio de um dia), famosa pelos cervos selvagens, pela estátua colossal do Buddha de bronze, e pelos inúmeros templos. É até um Patrimônio da Humanidade da UNESCO. É um dos lugares mais legais para se visitar no Japão – com ou sem os filhos. Nesse guia, vamos focar em como aproveitar melhor um dia em Nara, Japão, com crianças.

Talvez interesse: Tudo sobre viajar pelo Japão com os filhos!

Uma imagem prontinha para facilitar um pouco a vida de quem quer deixar para ler depois. Clique no botão vermelho SAVE no topo da imagem para adicionar ao Pinterest!

* esse post contém links afiliados – eles não custam nada para você e nos dão uma pequena comissão

Como chegar em Nara

Nara é pertinho de tanto Osaka quanto Kyoto. Demora, em média, uma hora de trem comum (não precisa nem ser o trem bala!).

Basta descer na estação Nara. Mais simples, impossível!

Entre Nara e Kyoto ou Nara e Osaka, trens comuns são baratos, rápidos e frequentes. Uma viagem em horário normal dura, em média, 40 minutos. Em alguns horários, pode demorar pouco mais de uma hora. De trem bala, cerca de meia hora. 

O que fazer em Nara, Japão

~ Ver e alimentar os cervos, claro!

A gente saiu do trem e andou em direção ao parque, seguindo as placas (são muitas), por 5 minutos até encontrarmos o primeiro cervo e, claro, o primeiro vendedor de shika-senbei (ou biscoito para cervos).

Claro que a gente comprou um pacote para cada criança e começou a alimentar os cervos ali mesmo. Eles são fofos e a gente estava dando biscoitos inteiros até o Angelo avisar que dava para dar em pedaços pequenos.

feeding Nara deer
Coral, 4, alimentando um cervo em Nara. Eles foram muito, muito fofos e delicados com as crianças – mas a gente ouviu algumas histórias de terror também. Não vimos nada acontecer enquanto estivemos lá

Alguns vinham pedir comida puxando nossas roupas com a boca. Outros eram mais educados e ou roçavam a cabeça na gente (dá um pouco de medo quando eles têm chifres) ou abaixando a cabeça. Era fofo demais.

Todos os cervos que encontramos foram super gentis e fofos, apesar de alguns errarem a mordida e acabarem dando uma mordiscada na nossa bunda ou barriga. Acontecia quando eles estavam querendo chamar nossa atenção puxando a roupa. Nenhuma vez machucou, só eu que fiquei com um roxinho na barriga.

Uma vez, um cervo se assustou com o Zé e correu atrás dele, mas parou em alguns segundos. Acho que ele só estava querendo que o Zé saísse de perto.

Dicas para lidar com os cervos de Nara

  • São muitos, muitos cervos. Você não precisa dar todos os seus biscoitos para os primeiros que você encontra (apesar de que é difícil resistir a eles sendo fofos).
  • Também são muitos vendedores de biscoitos de cervos, então não precisa comprar um monte no primeiro lugar que encontrar. Compre um, dê aos poucos enquanto anda, compre outro quando acabar, etc. Se os cervos percebem que você tem biscoitos com você, eles ficam te seguindo.
  • Dê os biscoitos em pedaços. Cada biscoito dá pra ser dividido em uns 8 ou 10 pedaços. Quebre o biscoito, coloque um pedaço na palma da sua mão e deixe os cervos pegarem. Assim, fica menos provável que eles mordam seus dedos por acidente.
  • Não encare nos olhos deles. Pisque, desvie o olhar, etc.
  • Quando for se curvar a um deles (eles se curvam de volta), lembre-se de só abaixar a cabeça. Quando você se curva com o corpo todo, eles podem achar que é uma ameaça. Foi o que aconteceu com o Zé ali em cima.
  • Se eles estão descansando, deixe que descansem. Alguns podem não se incomodar com você vindo pra cima pra tirar uma selfie, mas alguns podem não gostar. O resultado não é uma foto bonita.
  • Não corra atrás deles, sério.
  • Eles são animais selvagens. Respeite.
  • Se as pessoas ficarem tirando fotos suas ou das suas crianças brincando com os cervos e você não quer, peça para que parem educadamente. Alguns vão fingir que pararam e continuar, mas a maioria vai parar.
  • Na primavera (entre abril e julho) nascem os bebês! Uma visita ao berçário (sério) é paga, mas a gente viu bebês andando pelos parques.
Todaiji, Nara, Japan
O caminho para Todaiji, Nara. Nessa foto dá para ver os bichinhos andando felizmente no meio dos turistas

~ Outros pontos turísticos da cidade de Nara no Japão

Kofukuji e as pagodas

A gente entrou primeiro no Kofukuji (pago) e nos templos de 3 e 5 andares. Eles são lindos, mas a gente só podia ver o primeiro andar, o que foi meio decepcionante. A gente também não podia tirar fotos da parte de dentro. Tinha bastante gente, mas como tudo no Japão, é tudo bem organizado.

Todaiji e o Buddha gigante

O último que fomos ver foi o Todaiji (pago), aonde fica uma das maiores estátuas de Buddha do Japão. É, realmente, enorme e super lotado.

Demoramos um tempo para conseguir acender um incenso antes de entrar, mas a gente quis fazer. A Coral (4) quebrou o dela inteirinho, mas o resto da família conseguiu fazer sem problemas.

kofukuji, nara
Kofukuji, Nara foi o primeiro templo que a gente viu – e o que a maioria das pessoas vê. Talvez por isso, seja bem cheio e… pago.

Você reza antes de entrar, enquanto seu incenso queima (não precisa esperar ele terminar de queimar) e, assim que se entra, dá para ver a estátua do Buddha gigante. Ele é enorme, mesmo, bem impressionante.

As pessoas lá dentro ficam meio alteradas e, como é lotado, é fácil de uma criança ficar perdida lá dentro. Fique de olho nos seus filhos.

Você também pode passar por um túnel de madeira (precisa passar engatinhando). Dizem que dá sorte ou realiza um pedido, mas a fila estava ENORME e a galera passava, repassava, parava pra tirar foto, via se ficou bom, tirava outra. Não valia a pena, sabe.

cleansing ritual
Você segura a concha com a mão direita, limpa sua mão esquerda. Depois troca as mãos. Lembre-se de lavar as mãos sobre o chão, não sobre a água limpa da fonte. Daí você enche uma mão de água, enxágua a boca e cospe (no chão). Se seca e está pronto para entrar no templo!

Kasuga Taisha, o templo das lanternas

Encontramos esse templo na nossa última visita ao Japão (sempre passamos por lá, e tentamos conhecer uma coisa nova a cada visita). É tão lindo, com lanternas de pedra dos dois lados das ruas.

Na entrada, tem uma estátua de um cervo cuspindo água (para que os visitantes de limpem antes de entrar no templo) e foi divertido. As crianças adoraram lavar o cuspe de cervo com cuspe de cervo.

Também tinha vários cervos por lá, e estava bem menos lotado do que o parque, então foi mais fácil interagir com eles lá.

O templo das lanternas é lindo, mas a gente se divertiu mais encontrando os cervos escondidos nos meios das árvores. #gentelouca

Outros Templos

Existem muitos, muitos templos em Nara. Com muitos, eu quero dizer MUITOS. Mas tantos que eu não consegui nem anotar o nome de todos eles.

Procure pelo que você quer ver, escolha bem, ou entre em todos! Alguns são gratuitos, outros são pagos.

Em alguns templos, têm os monges rezando ou meditando, e é uma coisa legal e diferente de se ver. Em outros templos, você nem pode chegar perto das áreas ocupadas.

Se você prefere fazer um passeio com guia ou aproveitar para ter experiências únicas, veja outras opções baixo!

<div data-gyg-href=”https://widget.getyourguide.com/default/activites.frame” data-gyg-locale-code=”en-US” data-gyg-widget=”activities” data-gyg-number-of-items=”3″ data-gyg-currency=”USD” data-gyg-partner-id=”3ZAUOTZ” data-gyg-q=”nara”></div>

Nara para famílias com crianças

Para ser bem sincera, a parte externa dos templos é muito mais bonita e agradável do que a parte interna. Claro, é lá que os cervos ficam.

Os jardins são maravilhosos, as fontes aonde se lavam as mãos para entrar nos templos purificado são lindas, os cervos, os caminhos cenográficos….

As crianças amam por causa dos cervos e da liberdade de correr e brincar nas partes externas, que é cheia de parques, árvores, lagos, e lugares curiosos. Mas o melhor, mesmo, são os cervos.

Nara deer
Dentro desse templo, segundo o Angelo, havia monges meditando enquanto turistas conversavam e tiravam fotos. Teste de concentração nível impossível

Lembrancinhas de Nara

Nós compramos um omamori para cada, que são uns saquinhos de pano que trazem proteção, sorte, dinheiro, saúde, ou o que quer que você escolher. Peça ajuda aos atendentes, apesar de que a maioria deles só fala japonês.

São muitas, muitas opções! Vários objetos relacionados à cervos (chaveiros, doces para humanos, chapéus, etc), chás, doces, e muito, muito mais. Não compre tudo na primeira lojinha, porque tem muita coisa em muita loja!

O problema é que a maioria das barracas, das lojas e das lanchonetes fecha lá para as 5 da tarde. Faça suas compras antes e aproveite o resto depois.

Nara, Japan
Existem muitos templos em Nara, e a maioria é gratuita. Não entre no primeiro que encontrar, mas escolha alguns e não tenha medo de procurar os gratuitos!

Comida em Nara para famílias

Os restaurantes só abrem no horário das refeições e fecham entre eles, então, se você quer comer uma refeição completa em um restaurante bom, planeje seu horário direitinho.

Se você quer só um lanche, uma bobeirinha aqui e ali, então qualquer hora está boa. Até às 5 da tarde, senão as lanchonetes fecham e só os restaurantes ficam abertos.

Nara tem muitas opções de restaurantes com comida tradicional japonesa, vale a pena comer em horários mais decentes e comuns para experimentar uma refeição autêntica!

Nara walks
Os caminhos de Nara são lindos. Andar pelo entre os templos e casas foi a parte mais linda dessa viagem!

Para terminar… o melhor de Nara para quem tem filhos

É um lugar lindo, mas pode ficar cansativo já que o maior chamativo são os cervos. Assim que as crianças se cansam dos animais, acabou a graça da cidade. Os templos e os caminhos são lindos, mas para crianças viajando pelo Japão, não são nada que eles não viram em outros lugares.

Acredito que é um passeio de um dia perfeito. Enche um dia direitinho. Amamos!

  • Cidade / País
  • Estadia Mínima
  • $ ~ $$$
  • Para crianças…
  • Melhor transporte local
  • Segurança
  • Recomendamos?
  • Nara / Japão
  • Algumas horas
  • $$
  • É OK
  • Trem e andar!
  • Super seguro
  • Claro que sim!
Todaiji Buddha
O grande Buddha de Nara. É difícil ter ideia do quão enorme ele realmente é, mas o Google diz que ele tem 15 metros! O prédio é o maior prédio de madeira do mundo!

Confiram nosso vídeo da viagem à Nara e não se esqueçam de se inscrever no nosso canal do Youtube!

SaveSave

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] O parque dos cervos em Nara. Aonde mais a gente veria […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.