Motopia: o parque de diversões do Circuito de Suzuka

A corrida de Fórmula 1 no Japão acontece em uma cidade chamada Suzuka. Não é uma cidade super turística, sendo pequena e vendo turistas só na época das corridas. Enquanto a corrida pode não ser uma coisa muito legal para os pequenos, eles fizeram o parque de diversões lá. Continue abaixo para descobrir tudo sobre Motopia: o parque de diversões do Circuito de Suzuka. O melhor é que é um parque divertido mesmo para quem não é criança. 

Uma imagem prontinha para facilitar um pouco a vida de quem quer deixar para ler depois. Clique no botão vermelho SAVE no topo da imagem para adicionar ao Pinterest!

* esse post contém links afiliados – eles não custam nada para você e nos dão uma pequena comissão

Aonde fica o Circuito de Suzuka?

Fica na cidade de Suzuka, Prefeitura de Mie, Japão. 

Agora, aonde fica Suzuka, Japão? Suzuka é uma cidadezinha perto de Nagoya. Ela é cheia de brasileiros por causa das fábricas de carros. 

De Nagóia a a Suzuka (ou ao Circuito) dá mais ou menos. Um pouco mais ou menos, dependendo do trânsito, do meio de transporte, e da rota. Para quem vai de carro, a rodovia é o mais rápido, mas ela tem pedágio. Dá para evitar os pedágios cruzando pelas cidadezinhas no meio do caminho, mas aí fica uma viagem um pouco mais demorada, entre 80 e 90 minutos. 

Eu gosto de ir pelas cidades, já que tem mais coisas para se ver, mas se tempo é um fator importante na sua viagem, vá pela rodovia. 

Você pode se interessar: O que fazer em Mie, Japão

Hotel em Suzuka para famílias

Qualquer lugar na cidade de Suzuka é perto do circuito, de verdade. Veja abaixo algumas opções de hotéis perto do Circuito de Suzuka. 

Booking.com

Ficamos no Suzuka Royal, que era limpo e confortável. Escolhemos o quarto estilo japonês, que adoramos – futons no chão ao invés de camas – com banheiro privado. Apesar do banheiro ser fora do quarto, a chave era só nossa – as pessoas do outro quarto tinham o outro banheiro. O café da manhã é delicioso e a gente pôde escolher entre café estilo japonês ou ocidental. Recomendamos os dois! 

Eles também têm estacionamento gratuito (limitado, mas gratuito) e é pertinho de uma loja de conveniência. 

Veja os preços deles aqui!

Motopia, o parque de diversões do Suzuka Circuit

Esse parque é diferente dos outros parques do país, todo com tema de veículos. A gente sabia que ele era excelente para crianças pequenas (de até uns 10 anos), e a gente levou as crianças várias vezes enquanto eles eram pequenos. Ficamos indecisos sobre ir ou não, já que achamos que eles não iam se divertir muito depois de grandes. 

Até consideramos levar só a Coral (7 anos) e deixar os grandes ‘em casa’. No final, resolvemos levar todo mundo e todo mundo se divertiu muito! 

Os parques de diversão do Japão tendem a ser incríveis e esse também é, claro. Sempre melhorando e fazendo tudo mais legal para todo mundo. 

Faltam montanhas russas (eles têm uma, mas é uma bem tranquilinha), mas é um ótimo lugar para as crianças (e os adultos) aprenderem as leis de trânsito (japonesas), treinar e se divertir. Eles têm vários parquinhos aonde os pequenininhos podem brincar livremente, e o parque é dividido em áreas, que listo abaixo. 

Talvez interesse: o melhor do Japão para famílias

O ingresso do parque é um adesivo que você cola na roupa ou na bolsa e mostra nas atrações. Achei fofinho, uma pena que não deu para colar na mala ou no caderno depois. 🙂

Quanto custa a entrada do parque do Circuito de Suzuka?

Vamos falar sobre os tipos das entradas, que são 3. 

  • Só a entrada (chama Admission Fee em inglês) custa ¥1700 para adultos (acima de 13 anos), crianças entre 7 e 12 pagam ¥800 e crianças entre 3 e 6 pagam ¥600. Você entra, mas precisa pagar cada brinquedo, cada atração que usar. É bom para quem pretende ficar bem pouco ou quer ir em uma ou outra atração específica. 
  • O Motopia Passport  te dá a entrada e a maioria das atrações. Esse é o que a gente sempre usa. Custa ¥4300 por adulto (acima de 13 anos), ¥3300 para crianças entre 7 e 12 anos, e ¥2100 para os pequenos entre 3 e 6 anos. Vale a pena para quem quer passar o dia e brincar em tudo. 

Como não é um parque gigantesco, como a Disney Tokyo, mas não dá pra ver tudo em algumas horinhas, também. A gente chegou antes de abrir e foi embora quando fechou e não viu tudo. 

  • No verão, tem o parque aquático, também, que parece bem legal mas a gente não pode ir. Motivo: tatuagem. Se você não tem tatuagens grandes e consegue cobrir as suas com bandaids, pode ver o parque aquático. Senão, sinto muito. 

Para quem vai ao parque aquático também, recomendo uma visita de 2 dias (um para o parque aquático e outro para as atrações) ou a aceitação de que não vai dar para ver tudo. 

Veja os detalhes dos ingressos aqui

Os preços não incluem o Pluto’s Vehicle Lab ou o Circuit Challenger. Falamos sobre eles mais tarde. 

Outra coisa: ingressos comprados online são mais caros do que os ingressos comprados no dia. Os preços acima são os preços online. Comprando no balcão, os ingressos custam, em média, ¥300 a menos. 

Essa é a Coral no Bike Training, aprendendo a pilotar uma mini-motocicleta. Ela sofreu um pouco, caiu algumas vezes, mas quando aprendeu, foi!

As áreas do Motopia e as atrações

A maioria das atrações do Motopia dão aos visitantes a chance de fazer uma carteira ‘de motorista’. A carteira é paga a parte, mas você não precisa fazer todas (ou nenhuma). Basta pegar os cartões que são entregues no final das atrações e decidir se vai fazer a carteirinha, guardar só o cartãozinho de lembrança ou se vai jogar tudo fora. A gente deixou cada criança fazer uma (custa ¥300 por carteirinha) e o resto, levamos para casa para decorar paredes, scrap books, etc. 

Cada área do parque tem a sua estação de carteirinhas, então você não precisa fazer logo que encontrar uma. Faça depois de brincar bastante e escolher sua favorita. Algumas carteiras são especiais e só podem ser compradas em certas estações, mas a maioria pode ser feita em qualquer lugar do parque. 

~ Pipira’s Moto Field

Essa área é dedicada às motos. O divertido é que dá para aprender a pilotar motocicletas, mesmo, e até pilotá-las por uma pista off-road! E não se preocupe! O chão dessa área é todo macio e as quedas não vão causar nenhum machucado horrível. As minhas crianças caíram um monte, mas se divertiram muito. 

Essa parte do parque tem o Fast Ride, que é um ingresso com hora marcada. É legal, porque a espera nesses lugares é enorme e, se você não precisa ficar esperando, dá pra aproveitar melhor o parque. Custa mais ¥600 por pessoa, e você só precisa voltar no seu horário marcado – só não pode se atrasar! 

* Kids Bike Training

Uma escolinha de pilotar motos para crianças. Eles colocam cotoveleiras, joelheiras, capacete e aprendem as regras. Aí treinam pilotar uma moto em uma área pequenininha, um de cada vez. Depois, vão todos para a pista principal, aonde dão voltas por uns 3 minutos. Toda a brincadeira demora uns 20 minutos. 

  • Para crianças entre 3 e 12 anos que sabem andar de bicicleta sem rodinhas
Vendo essa foto, nem dá pra imaginar que o parque estava aberto, né? Mas estava. Sempre que abre o parque aquático, o resto do parque fica assim. Dentro do restaurante (aonde a gente estava indo) estava tão lotado que a gente demorou pra conseguir uma mesa. Inacreditável, né. Deve ser porque é um dos únicos restaurantes com ar condicionado do parque. 😀
* Moto Fighter

Uma corrida de moto aonde, depois de aprender a pilotar uma, você corre! A pista é inspirada na pista oficial da de F1 do Suzuka Circuito. 

  • Crianças acima de 9 anos podem participar. Crianças acima de 6 anos com a carteira de piloto tipo A do Kids Bike Training (acima) também podem.
* Acro Bike 

Pilotar uma moto em uma pista off-road, que tal? Bem legal que você se veste todo e vai pilotar sozinho. O problema é que tem muita explicação e a maioria é só em japonês. As filas também são bem longas – quando a gente esteve lá, eram de mais de 90 minutos.  

  • Qualquer pessoa com mais de 9 anos ou os acima de 5 anos com a carteira tipo A do Kids Bike Training podem participar. 
* Pinky Bike Plus

Para os pequenininhos, existe esse. Eles podem andar em uma ‘moto’ segura. Eles controlam os pedais, acelerador e freio, viram, e etc. Mas não caem!

  • Para os pequenos com mais de 3 anos – mas não para crianças grandes. 

~ GP Field

Tudo sobre corridas! Essa parte do parque fica atravessando uma ponte. A gente nem teve tempo de chegar lá! Quando terminamos com a parte principal do parque, ele fechou e a gente teve que ir embora. Triste.

* Duel GP

Duas pessoas por carro podem participar dessa corrida aonde você corre por uma pista idêntica (em menor escala) à do Circuito. O vencedor ganha um cartão exclusivo, só para os vencedores dessa corrida. 

  • Pessoas acima de 120 cm podem participar. 
Para provar que o parque engana bem, veja essa foto. Vazio, vazio. Depois vá para a próxima foto, aonde mostro como estava dentro dessa área coberta do lado direito da foto. As duas tiradas uma logo depois da outra – em menos de 3 minutos de diferença.

* Moto Fighter

Uma corrida de moto similar a corrida acima.  

  • Para pessoas acima de 9 anos ou acima de 6 com a licença tipo A do Kids Bike Training. 
* Racing Theater 

Um filme 4D que te faz sentir como se estivesse dentro de um carro de corrida!

Tem muito mais lá, como exibições, mini museu, e jogos aonde você testa suas habilidades de motorista.  

  • Todos podem ir, mas só pessoas acima de 3 anos podem assistir ao filme. 
* Circuit Wheel

A roda gigante do parque. A mesma coisa de qualquer outra roda gigante, mas com vista para a pista do circuito. 

  • Crianças acima de 7 anos podem ir sozinhas. Crianças abaixo de 7 podem ir acompanhadas por alguém com mais de 13 anos. 

~ Kochira’s Putti Town

Tirando um brinquedo, essa parte do parque é para brincar de dirigir no mundo real. Com autoescolas e coisas assim, é um lugar muito legal para os pequenos se sentirem grandes. Eu adoro! 

* Putti Grand Prix

Esse é o único sobre corrida nessa parte do parque. É uma corrida tranquilinha, bem divertida. Cada pessoa vai em um carro (dá para ir até 2 pessoas) e disputa uma corridinha, mesmo. Dá para ir tão rápido (até o limite, que deve ser de uns 5 km/h) ou tão devagar quanto quiser. 

A pista é a miniatura da pista do Suzuka Circuito. 

  • Pessoas acima de 7 anos podem dirigir sozinhas. Crianças de 6 anos ou menos precisam ir acompanhadas de alguém com mais de 13 anos. 
Pois bem, estava assim. Pode não parecer muito, mas essa escada descia e a fila ainda dava voltas. Foi, mais ou menos, uma hora nessa fila. Mas é sempre assim, os brinquedos perto da entrada sempre ficam mais cheios.
* Kochira’s Driving School

Uma pista de auto escola no meio de uma cidade em miniatura. Você precisa respeitar aos sinais de trânsito, parar em cruzamentos, buzinar no túnel, usar as setas, etc. Se você fizer quase tudo certinho, recebe uma carteira de motorista Platinum. Quem foi OK ganha uma carta Gold. Quem não sabe dirigir recebe uma carta normal. Eu recebi a normal, ahahahah. A carteira desse brinquedo é igualzinha a carteira de motorista japonesa de verdade, minha favorita! 

É até bem complicado, mas se você fizer tudo errado, consegue terminar normal – só recebe a carteira de amadores. O carrinho é meio pequeno e pessoas com pernas longas podem achar desconfortável. 

  • Crianças acima de 5 anos podem ir sozinhas. Crianças abaixo de 4 anos precisam estar acompanhadas por alguém acima de 13 anos. 
* Putti Patrol

Você dirige um carrinho de polícia tentando encontrar um gatinho perdido. Quem encontra pode receber uma recompensa! Só a Coral (7) foi nesse. Os maiores se recusaram, apesar de que até adultos podem brincar. 

  • Para crianças acima de 3 anos. Uma pessoa por carro. 
* Tic-Tac Train

Você precisa levar o trem à estação em 3 minutos e 10 segundos para ganhar a carteira de motorista dessa atração. Nada de chegar muito cedo ou muito tarde! Você pode acelerar e brecar, mas o objetivo é ir tranquilamente. 

  • Crianças acima de 7 anos podem ir sozinhas. Crianças menores de 6 anos podem ir acompanhadas de alguém com mais de 13 anos. 
* Test Flight

Essa é uma daquelas atrações em que você sobe no avião e controla se ele sobe ou desce, enquanto ele roda e roda e roda. O avião é para até 2 pessoas. Enquanto a primeira controla se o avião sobe ou desce, a segunda atira. É um trabalho em equipe, porque enquanto o tiro só acerta a mira se o avião estiver na altura certa. 

A dupla que conseguir 100 pontos ou mais recebe a carteira de piloto!

  • Crianças acima de 4 anos podem ir sozinhas, e crianças com 3 ou menos precisam estar acompanhadas por alguém maior de 13 anos. 
Aqui você vê 2 das atrações do Motopia: o parque de diversões do circuito de Suzuka. Tem o Tic-Toc Train e o Putti Patrol.
* Putti Power Shovel

Controle uma escavadeira e ganhe pontos! Quem conseguir 50 ou mais pontos recebe a carteira! 

  • Crianças acima de 3 anos podem ir sozinhas, enquanto crianças menores de 2 anos precisam estar acompanhadas por alguém maior de 13 anos. 
* Run-run Balloon

Um passeio em um brinquedo que imita um balão de ar quente. Não é nada demais, tirando o fato de que, no final, você tenta acertar a bolinha em um alvo. Quem conseguir os 100 pontos, o meio do alvo, ganha uma moeda especial que pode ser usada nas lojinhas do parque. 

  • Cada balão pode levar até 4 pessoas, mas se o parque não está cheio, eles deixam cada pessoa ir sozinha para todo mundo ter a chance de tentar acertar o alvo. 
  • Crianças acima de 7 anos podem ir sozinhas, enquanto crianças com 6 ou menos anos precisam estar acompanhadas por alguém com mais de 13 anos. 
* Putti Parade

Esse é um brinquedo tipo a xícara maluca, que fica rodando. Você pode apertar botões que fazem barulhos, mas é só isso.  

  • Pessoas com mais de 5 anos podem ir sozinha, enquanto os menores podem ir quando acompanhados por alguém de 13 ou mais anos de idade. 

~ Puto’s MobiPark

Essa parte do parque é meio aleatória, mas a gente se diverte. É, também, a mais cheia, então espere ficar na fila por algum tempo. Crianças menores de 3 anos não tem nada para fazer por aqui, então se os seus são pequenos, melhor ir direto para outra parte do parque. 

* Ene-1

Um carro para até 4 pessoas aonde você precisa completar o percurso com a energia que faz enquanto o carro anda. Uma pessoa controla o volante e as outras controlam e usam a energia. Se sua energia acabar (a maioria acaba), tudo bem. O carro vai completar o percurso sozinho, mas você não vai receber a carteira especial. 

  • Crianças acima de 9 anos podem ir sozinhas e crianças entre 2 e 8 podem ir quando acompanhadas por alguém acima de 13 anos. Crianças abaixo de 2 não podem brincar. 
Veja mais vídeos no nosso canal do Youtube! Não esqueça de se inscrever para receber atualizações!

* Dream R

Uma corrida de kart para uma pessoa por carro e por vez. Não dá para ultrapassar ninguém, mas seu tempo é marcado na tela. É bem legal, mas pessoas grandes não entram no carro. O Angelo tem 192 cm e não entrou. 

  • Só para maiores de 9 anos E com mais de 120 cm de altura. 
* Acro X Evolution

Até 4 pessoas podem entrar nesse carro e dirigir pelas ruas cheias de obstáculos. É bem complicadinho e bem legal, a gente adorou. Você recebe pontos por passar pelos obstáculos (direito, claro) e, se tiver pontos suficientes, ganha a carteira de motorista tipo S (de special – ou especial). 

  • Crianças acima de 9 anos podem ir sozinhas e crianças entre 2 e 8 precisam estar acompanhadas por alguém de 13 anos ou mais. Menores de 2 anos não podem. 
* Puto’s Machine Laboratory

Aqui você tem a chance de montar um kart – com todas as partes, incluindo as eletrônicas. Aí você testa na pista, e desmonta de novo. Todo o processo dura mais ou menos 1 hora, entre montar, testar e desmontar. 

Crianças que limpam a bagunça e colocam tudo no lugar ganham uma moeda que podem ser trocadas por doces ou lembrancinhas em lojinhas pelo parque. 

Essa atração é paga a parte – custa ¥1000 por carro ou ¥800 por carro se você tem o Motopia Passport. 

Dependendo de quão bem você montou o seu, você recebe uma carteira de mecânico tipo 2, 1 ou especial.  

  • Crianças acima de 3 anos podem participar. 

Também se tem a opção de construir um carrinho de madeira – para levar para casa. Tudo demora uns 20 minutos e você monta seu carrinho, brinca com ele na pistazinha e leva o carro para casa. 

Custa ¥800 por carro. Para quem tem o Motopia Passport, só custa ¥500. 

Um adulto precisa acompanhar os filhos pelo processo. 

  • Para pessoas acima de 3 anos. 
Como você pode ver, nem todas as pessoas brincando nas atrações eram crianças. Eu, por exemplo, deixei as crianças irem sozinhas em todas as possíveis para poder brincar também. 😀

~ Chirara’s Hello Garden

Essa é a área dos pequenininhos, aonde eles podem ir em todos os brinquedos. Tudo é colorido e lindo. É uma área meio chatinha para os maiores, mesmo para a Coral (7 anos). Tudo é bem devagar e ameno. 

* Bun-Bun-Bee

Você entra em uma cesta ‘carregada’ por abelhas e ajuda as abelhas a encontrarem as flores por meio de botões. É devagar, e fica rodando (no ar, não no chão, tipo o avião). Cada cesta carrega no máximo 4 pessoas (sendo, no máximo, 2 adultos). 

  • Para todas as pessoas, mas crianças entre 0 e 4 anos precisam estar acompanhados por alguém com mais de 13 anos. 
* Chirara’s Flower Wagon

Um carrinho que anda pelo jardim de flores da Chirara. É lindinho, mas chatinho. Você pode apertar botões para ouvir informações diferentes, mas é tudo em japonês. 

  • Crianças até 7 anos precisam estar acompanhadas por alguém maior de 13 anos. Crianças acima de 7 anos podem ir sozinhas. 
* Den-Den-Mushi

Um carro de 4 pessoas em formato de caracol (caracol = den-den-mushi em japonês) que passeia pelo parque nas alturas. Ele é lento, oferece vistas excelentes do parque todo e das redondezas. O caracol fica falando curiosidades e informações úteis, mas é tudo em japonês. Não é para quem não gosta de alturas.

  • Crianças acima de 7 anos podem ir sozinha. Os menores, a partir de bebês que se sentam sozinhos, podem ir acompanhados por alguém cima de 13 anos. 
Conheça a família de caracóis da Chirara. O caracol pequeno ficava rodando e falando. Ele falou sobre tudo: sobre o tempo, o meio ambiente, o parque, a vizinhança, o mundo. Um caracol falante, com certeza.

~ Circuit Challenger

A gente queria fazer esse, mas perdemos porque estava fechado. Bom, tinha uma corrida acontecendo. 

Você tem a chance de dirigir um carro elétrico pelo circuito oficial de Suzuka. Bem legal, né? Enquanto corre, você recebe ordens e desafios do cockpit. Conforme você completa suas missões, ganha pontos que podem te dar uma carteira de motorista especial. 

Cada carro pode acomodara até 3 pessoas (2 adultos e uma criança pequena).

Você controla tudo: aceleração, breque, e marchas. 

É pago a parte e, se você quer muito fazer isso, veja se vai estar funcionando antes de ir. Custa ¥1500.  

  • Crianças entre 2 e 6 anos podem ir acompanhadas por alguém acima de 13 anos. Crianças entre 6 e 11 anos podem dirigir se acompanhadas por alguém acima de 13 anos. Crianças acima de 11 anos podem ir sozinhas. 

~ Batto’s Adventure Village

Foi aqui que passamos a maior parte do nosso tempo por culpa da montanha russa. Aqui ficam as atrações mais rápidas e perigosas. 

* Adventure Drive

Até 4 pessoas entram no carro e dirigem até encontrar o ‘anel da força’ (Power Ring). Se você gritar POWER quando o anel está vermelho (ele geralmente é azul), sua energia recarrega e o carro fica mais rápido. 

  • Para crianças acima de 7 anos E acima de 100 cm. Crianças abaixo de 7 anos, mas com mais de 100 cm podem ir acompanhadas de alguém acima de 13 anos. 
Essa auto escola é uma das minhas atrações favoritas. Veja como é dirigir no Japão, conheça as leis de trânsito e veja o quanto você está apto a dirigir por lá. É legal ver que, se dependesse dessa prova, eu não teria carteira de motorista. Ha ha ha ha

* Batto’s Power Crystal Hunt

Você entra no carro e atira lasers aos ‘cristais da força’ (Power Crystals). Quanto mais pontos conseguir, melhor. O problema é que alguns lasers estão descalibrados ou não funcionam, simplesmente. Se você não é competitivo, pode até se divertir. 

  • 4 pessoas por carro. Crianças acima de 7 anos podem ir sozinhas e crianças mais novas precisam estar acompanhadas por alguém acima de 13 anos. 
* Adven-Boat Frontier

Você pilota um barco pelo lago. O objetivo é encontrar o anel da força aqui também, que recarrega sua energia – nesse brinquedo, você aperta um botão quando encontra. É uma atração OK, e apesar de estar na água, ninguém se molha. 

  • Até 4 pessoas por barco. Crianças acima de 9 anos podem ir sozinhas. Crianças entre 2 e 8 anos precisam estar acompanhadas de alguém acima de 13 anos. 
* Flying Ship

Um navio pirata que voa. É quase uma montanha russa. É até legal, sabe? Mais emocionante do que parece. Minhas crianças não queriam ir, mas acabaram gostando. Cada barco leva até 3 pessoas. 

  • Crianças acima de 8 anos podem ir sozinhas. Crianças abaixo de 8 anos precisam estar acompanhadas por alguém maior de 13 anos. Bebês precisam sentar sozinhos para poder ir. 
* Para-Sailor

Sabe aquelas balanças de chapéu mexicano? É esse. Nada especial ou diferente. 

Quase nunca tem filas, então, legal. 

  • Até 2 pessoas por balança. Crianças acima de 5 anos podem ir sozinhas. Crianças entre 3 e 4 anos precisam estar acompanhadas por alguém acima de 13 anos. 
Como todos os parques (e mercados e shoppings e tudo o mais) do Japão, o Motopia tem, claro, seus personagens. Eles aparecem pelo parque, mas mais vezes na praça central.
* Rocky Coaster

Essa montanha russa é gostosinha, quase não tem filas, então dá pra ir várias vezes. Os primeiros assentos são virados para a frente, enquanto os últimos são virados para trás. Experimente as duas opções – elas são bem diferentes. Só saiba que não é recomendado para quem tem problemas de pescoço, sério. 

  • Para quem tem mais de 120 cm. 

Dicas! 

Deu para ver que tem bastante coisa para se fazer, né? Quem tem filhos pequenos, melhore evitar o Adventure Village e, se você só tem filhos grandes, evite o Hello Garden. Se tiver tempo, vá em todos os lugares, já que são lindos e diferentes. 

É um tipo diferente de parque de diversão japonês. 

O parque aquático só abre no verão e fica bem cheio. A gente adora essa época porque o resto do parque fica vazio. O ruim é que pessoas tatuadas não podem ir, a não ser que cubram a tatuagem completamente. O mesmo vale para o onsen do resort. 

Eles também tem uma pista de boliche e um restaurante mais chique perto do estacionamento. Tem até um hotel, mas a gente nunca ficou lá porque a cidade é pequena e quase nunca tem muito trânsito para justificar o preço desse hotel. 

O brinquedo de abelhas da área de crianças. Acho que essa é a parte mais linda do parque: tanto por causa das atrações mega coloridas e fofinhas, quanto pelas criancinhas pequenininhas correndo felizes. Irresistível!

Comida e restaurantes

Eles têm alguns restaurantes e quiosques de fast food lá – fast food japonês – e eles não são ruins. Você também pode levar sua comida – em isopor e tudo. Eles olham, mas nunca barram nada. A gente costuma levar nossas garrafas de água para encher nos bebedouros, mas come por lá mesmo. 

Estacionamento

O estacionamento é enorme e super organizado, mas é pago. Quando tem evento no circuito, fica tudo lotado. Mesmo assim, não estacione na rua. 

Putti Coins, as moedinhas

No final do dia, você deve ter recebido algumas moedas (só para crianças abaixo de 12 anos) – ganha-se por ajudar devolvendo sua bandeja em restaurantes, arrumando suas coisas nas oficinas ou em atrações especiais. 

Leve suas moedas a alguma loja que aceite (em todos os restaurantes e atrações que dão moedas têm mapas com as lojas disponíveis) e troque por alguma coisa – em geral, doces baratinhos. Você pode completar o preço com dinheiro, mas acho que a graça é deixar as crianças trocarem as boas ações deles por doces. 

Essa é a única montanha russa do parque. Apesar de ser tranquila, é uma delícia, como a maioria das montanhas russas. Eu fui uma vez de frente e uma vez de costas, mas as crianças foram umas 10 vezes – não tinha fila nenhuma!

Se você não recebeu moedas o suficiente ou se as lojas fecharam, você pode ou levar sua moeda para casa ou depositar na árvore mágica. Diz a lenta que cada moeda colocada lá vira uma árvore plantada na cidade. 

Vale a pena visitar Motopia?

Eu diria que sim. É divertido, apesar de ser pequeno e faltar emoções controladas. 

A gente ama dirigir seguramente e os pequenos amaram aprender a pilotar motos.

Apesar de não ser muito bem adaptado para quem não fala japonês, ainda assim é legal e dá para fazer tudo. Minhas crianças não falam japonês e conseguiram se virar em todos os brinquedos sozinhos. 

Se você já foi ao Japão antes e não quer visitar Disney e Universal de novo, e suas crianças não estão na idade das montanhas russas de Fuji Q ou Nagashima Spa Land, esse pode ser seu parque! 

O dia acabou e a gente passou mais tempo na fila para fazer as carteiras de motorista desses dois do que nas filas dos brinquedos. Mas eles saíram felizes e satisfeitos, e isso é o que importa.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.