Mais sobre nosso homeschool

The big kids planning something

Os grandes planejando alguma coisa

Resolvi falar um pouco mais sobre a educação das crianças, hoje.

É um tópico gigantesco, então vou só falar sobre como funciona nosso dia a dia. Se quiserem, eu posso escrever mais a fundo sobre cada matéria, ou sobre cada atividade. Você pode ler nosso primeiro post sobre o assunto aqui.

Pra começar o dia, eles deveriam fazer um pouco de yoga (a saudação ao sol, ou Surya Namaskar) antes do café da manhã. Eles fizeram todos os dias por uma semana, mas agora só fazem quando eu lembro. Eu tento, e até faço com eles, mas ultimamente, só a Coral quer fazer comigo.

Outra coisa que a gente tenta fazer todos os dias é o treino de escrita livre: a gente só escreve sem parar, qualquer coisa que vier na cabeça, por um determinado tempo (geralmente são 5 minutos). A única regra é não parar o lápis.

Semanalmente, a gente pede pra que eles escrevam alguma coisa, que pode ser qualquer coisa, desde um post pro blog, uma página de diário, uma história, um estudo sobre alguma música, jogo, livro, filme, até alguma coisa sobre algum lugar que a gente já foi, ou que eles querem ver. Quando nossa semana foi cheia, ou a gente teve muitos outros projetos, a gente acaba deixando isso pra lá. Ah, quando eles escrevem posts pro blog, eu peço pra eles escreverem em inglês e português. Eu achei que eles não iam querer escrever posts porque daria o dobro de trabalho, mas eles têm sido bem motivados pelos seus comentários, então continuem comentando, por favor.

Kids doing origami

As crianças fazendo origami

Além da escrita, a gente dá o problema da cota de porcarias que eles podem comprar pra viagem. A gente dá o endereço da nova casa, um valor por tempo ou distância e eles precisam descobrir quanto dinheiro eles têm pra gastar. Claro que precisam ir fazendo os cálculos no mercado também. Por exemplo, essa semana a gente deu 48 centavos por cada 25 minutos. Eles demoram um pouco, mas sempre chegam ao valor certo. Eu acho incrível ver como eles conseguem sempre chegar ao resultado sem nunca ter aprendido nenhuma das regras de matemática.

Os projetos vão e vêm, de acordo com as necessidades e os interesses. Essa semana, a gente pediu pra eles pensarem, elaborarem e fazerem uma abertura pros vídeos da página. Se ficar bom o suficiente, vamos usar. Talvez a gente use de qualquer jeito. Para esse projeto, eles estão fazendo programação, desenho, origami, muita discussão, muito tempo pensando, elaborando e têm sido incrível.

A gente também teve o nosso projeto de ‘bucket list’, que é uma lista de coisas que a gente quer fazer antes de morrer. Esse projeto começa a vir pro blog semana que vem. Eles tiveram ideias bem legais, e os desenhos deles foram bem interessantes.

The kids and Angelo reading the sign about volcano eruptions

As crianças e o Angelo lendo sobre as erupções do vulcão

Além disso tudo, a gente tem nossas caminhadas, que acontecem sempre que o tempo está bom. Durante as caminhadas, aqui na NZ, têm algumas placas espalhadas em locais estratégicos, bem informativas e a gente lê todas elas. Eles também têm várias brincadeiras físicas em casa, principalmente o Zé e a Coral (campeonato de flexão de braços, escalar paredes e portas, cambalhotas e estrelas, corridas, pulos nas camas, de cama pra cama, etc). Eu devia fazer a Melissa participar mais, mas ela geralmente está ocupada desenhando.

E isso leva a gente para os interesses de cada um: a Mel passa a maior parte do dia desenhando. Ela costumada fazer bolos e cookies, mas ultimamente ela não tem feito a não ser que a gente peça. Ela também pinta, mas não muito porque parece dar muito trabalho preparar todo o material e depois guardar tudo.

João gosta de ler e ele lê muito. De vez em quando a gente precisa pedir pra ele parar e fazer alguma outra coisa. Ele desenha, faz origami, brinca um pouco, mas a maior parte do dia dele é passada na cama, grudado no Kobo dele.

O Zé gosta de origami e ele fazia muito disso, mas ele não tem mais feito muito porque ele fica triste de deixar pra trás as coisas que ele fez. Ele têm tentado cozinhar e ele ainda faz muito qualquer coisa que os irmãos estejam fazendo.

A Coral fica brincando com os bonequinhos de animais, dragões e pôneis, desenhando e fazendo esculturas de Blutack. Ela têm feito coisas bem legais e desenhos lindos que a gente consegue reconhecer. Ela também gosta de cozinhar, o que é fofo, mas acaba atrapalhando de vez em quando.

painting

Melissa e Coral pintando

Então, basicamente é isso. Eles cozinham, limpam, fazem e desfazem as malas, e tudo isso. Dá pra ver como eles conseguem aprender todas as matérias assim? Tem mais alguma coisa que a gente deva acrescentar ao nosso dia a dia?

5 respostas
  1. Anônimo
    Anônimo says:

    Adorei o artigo! Sempre que puder estarei estarei lendo as atividades das criancas pois acho muito interessantes…minha neta (Kaori) tambem adora desenhar e qualquer tempinho fica horas desenhando…abracos a todos e diga as criancas que continuo muito interessada nas atividades deles e como se fala em japones…Minasan Ganbatte,ne!

    Responder
  2. bianca
    bianca says:

    Eu suspeitava que era assim,pelo que havia lido desde o primeiro post e outras coisas pela net…
    Pensei que as crianças só escreviam em inglês e vocês que passavam pro português – feliz por isso,que são eles.
    Agora,quanto aos idiomas falados,o que cada um fala além do inglês,lembro que o Zé falava japonês…e a Coral mais inglês.

    Responder
    • Angelo Damiao
      Angelo Damiao says:

      Oi Bia. Sim, eles escolhem como querem fazer. Quanto ao Zé, o japonês foi esquecido, achamos que eles entendem um pouquinho (pois está lá no fundo e espero que volte um pouco quando estivermos no Japão). Já a Coral, ela fala mais inglês, mas confunde bastante. Bjus.

      Responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. Maillot Manchester City Pas Cher

    I really enjoy the blog.Much thanks again. Great.

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta