Halloween do Universal Studio Japão com crianças

Hogwarts at USJ

Castelo de Hogwarts e o lago

Visitamos o parque dos Estúdios da Universal no Japão em setembro de 2016, durante as festas do Halloween. Compramos os ingressos sem ver que era Halloween – não foi a coisa mais inteligente que fizemos, já que nossas crianças não gostam muito de terror.

O dia não estava muito bonito, mas tinha que ser ‘hoje’ porque a gente ia embora de Osaka no dia seguinte. Durante a semana, teve tufão e 2 feriados em Osaka, e esse foi o melhor dia que a gente encontrou. E, para ser sincera, foi o dia ideal, mesmo: nublado e quentinho.

15th anniversary at USJ

15th Aniversário da Universal do Japão

Chegamos pouco depois das 9, logo depois do parque abrir. Como a gente tinha comprado os ingressos pela internet, a gente precisou passar no Atendimento ao Cliente para trocar nosso passe virtual pelo ingresso. Demorou uns 20 minutos, a moça queria ver meu registro, identidade e foi muito demorado até que terminou. O atendimento foi respeitoso e educado, apesar de extremamente demorado.

Era também comemoração de 15 anos do parque e estava LOTADO, mesmo sendo um dia de semana normal. Cheio.

Hogsmead USJ

O pôr do sol de Hogsmead

Foi bem surpreendente para nós, mas as pessoas do parque sabiam que seria assim, porque estava tudo arrumado para um dia cheio.

Entramos e tinha logo uma placa dizendo que os ingressos para o Mundo Mágico de Harry Potter estavam sendo distribuídos e nós corremos pra lá. Eles só entregam os ingressos com tempo de entrada quando o parque está cheio veja só. É gratuito, mas você só pode entrar na hora marcada. Andamos pelo parque por uns 20 minutos até chegar na máquina. Pegamos nossos ingressos para às 3 da tarde (era umas 10 da manhã), apesar de termos a opção das 11 da manhã, porque a gente queria ver o pôr do sol de lá E ver os Comensais da Morte que deveriam aparecer depois que escurecesse.

Wizarding World of Harry Potter

Nossa entrada para o Wizarding World of Harry Potter

De lá, fomos para o Wonderland, aonde têm as áreas da Hello Kitty, Snoopy e Vila Sésamo – o lugar para as crianças pequenas. Não é o lugar ideal para crianças maiores e adultos. Não tem montanhas russas, mas é fofo, colorido e tão feliz que a gente acabou ficando mais tempo do que deveria por lá. É o único lugar do parque aonde eles liberam o Yoyakunori, que é o equivalente aos Fastpasses da Disney, de graça. Yoyakunori são os tíquetes que dão direito a ‘furar a fila’ no horário marcado. É bem útil lá porque algumas atrações tinham fila de 70 minutos ou mais.

Wonderland, USJ

Elmo’s Little Drive, em Wonderland, USJ

Wonderland tem uma coisa bem chata (além das filas longas): as músicas. Acho que só têm umas 10 músicas famosas cantadas por criancinhas que tocam repetida e eternamente. Foi fofo nas primeiras vezes, mas depois disso ficou extremamente irritante.

Lá para as 11:30, a gente foi almoçar no Snoopy’s Backlot Café. Basicamente hambúrgeres e sanduíches que vêm dentro da caixinha linda do Snoopy, mas a comida é bem sofrida. A gente também comeu muita pipoca de caramelo por lá, que era bem boa. Compramos o balde no formado de carro do Elmo e enchemos umas 4 ou 5 vezes durante o dia. O refil é pago, mas é bem mais barato do que comprar a pipoca só, mas o balde é caro e não vale a pena, financeiramente falando.

Caramel Popcorn, anyone?

Pipoca de caramelo, alguém?

O Snoopy’s Studio é lindo, ficamos um bom tempo dentro do Sound Stage Adventure por causa do parque interno lindo de morrer. O Snoopy’s Great Race é uma montanha russa e foi bem divertida. É para crianças pequenas, mas ela foi bem mais rápida do que a gente achou que seria. O Flying Snoopy tinha uma das esperas mais longas da área e a gente só foi porque conseguiu o Yoyakunori.

The carousel at night

O carrossel de noite

O Hello Kitty Fashion Adventure tem só duas atrações e a gente só foi em uma, o Cupcake Dream. A gente entra no cupcake e ele roda e roda e roda. É mais divertido do que parece.

*Eles não deixam entrar nem 5 minutos antes da hora marcada no Yoyakunori

A área da Vila Sésamo tinha muita coisa e a gente acabou não vendo tudo. Fomos no Elmo’s Go-Go Skateboard, as crianças grandes foram no Sesame’s Big Drive e disseram que foi bem chato enquanto a Coral foi no Elmo’s Little Drive e AMOU.

Re-BOOOORN parade at USJ

RE-BOOOOOOORN, a parada

De lá começamos a ir em direção ao Mundo Mágico de Harry Potter e paramos no Space Fantasy. O Angelo não pôde ir e a fila estava marcando uma hora, então nós entramos e deixamos que ele fosse se divertir um pouco sozinho (eu achei que ele fosse em alguma das atrações especiais do Halloween mas ele acabou ficando pra assistir a parada RE-BOOOOOOOOOORN. A gente conseguiu ver alguns pedaços da fila e, realmente, foi bem fofo.

hogsmead USJ

HOGSMEAD!!!

Na entrada do Space Fantasy, estava falando para deixar todos os pertences nos armários. A gente deixou e descobriu depois que dava para levar os celulares. Tinha vários lugares aonde a gente poderia escanear o celular e eu não sei o que aconteceria, porque a gente estava sem.

Space Fantasy é uma montanha russa no escuro que simula uma viagem pelo espaço. É bem legal, todos nós (incluindo a Coral) amamos!

There's snow even during summer months in Hogsmead.

Tem neve em Hogsmead, mesmo no verão

O Angelo adorou a parada RE-BOOOOOOOOOORN, e a gente amou conseguir ver alguns pedacinhos dela da fila. Ajudou a passar o tempo da fila chatinha.

Encontramos o Angelo logo da saída do Space Fantasy e fomos para o The Wizarding World of Harry Potter. É demais!

A gente precisou entregar nosso ingresso com a hora marcada perto das pedras que marcam a entrada da Floresta Proibida e andamos por ela. Encontramos o carro dos Weasleys lá, e ele fazia barulhos e acendia os faróis, muito legal.

The Owl Post USJ

A loja mais linda: The Owl Post

E aí a gente percebeu que uma coisa mágica tinha acontecido: a gente não ouvia mais os barulhos de fora, só as músicas do Harry Potter, os barulhos dos animais da floresta e a conversa das pessoas que estavam lá. E alguns gritos de felicidade meus.

Hogsmead é incrível, exatamente igual à da Flórida. Tinha o Expresso de Horgwarts lá e as pessoas podiam entrar e tirar fotos. Como a gente passeou no trem da Flórida e a fila estava grande, pulamos.

Hogwarts, USJ

Hogwarts e The Flight of the Hippogriff

Fomos direto para Hogwarts, mas passamos pelo The Flight of the Hippogriff’s e a fila estava durando só 10 minutos. Resolvemos ir. A Coral ama essa montanha russa e também é a única que é permitida pra ela, então fomos 2 vezes. Na fila tem a casa do Hagrid e a moto do Sirius. De dentro da cabana vêm os latidos do Fang. Dessa fila também tem o melhor lugar para se tiver foto do parque, na minha opinião, aonde a gente conseguia ver o castelo no fundo e o trem da montanha russa do hipogrifo em frente. No pôr do sol ficou máfico. Eu recomendo que se pegue a fila normal pelo menos uma vez para ver a cabana do Hagrid de pertinho.

Herbology Green House, at the Forbidden Journey line

A estufa das aulas de herbologia de Hogwarts

The Flight of the Hipogriff é uma montanha russa tranquila, divertida para a maioria das pessoas.

A fila do The Forbidden Journey estava longa, a mais longa que a gente pegou, mas ela é maravilhosa do começo ao fim. a atenção aos detalhes é muito grande e a gente realmente se sentia em Hogwarts. Na entrada, estava marcando que a fila estava demorando 90 minutos, mas demorou uns 70. A Coral não podia ir, então a gente pegou o cartão de Child Switch na entrada da fila. A gente precisou mostrar o cartão várias vezes durante o percurso da fila até que chegamos no local aonde o grupo se separaria: Angelo foi com os meninos e eu, Melissa e Coral fomos encaminhadas para a sala de espera. A sala de espera é linda e o primeiro filme da série estava passando. Pegamos bem na hora em que o Quirrell tira o turbante para mostrar o Voldemort. Coral se assustou um pouco mas continuou assistindo. O Angelo e os meninos voltaram em uns 10 minutos e eu e a Mel fomos levadas para o começo da fila. Foi ali que entregamos o cartão de Child Switch de vez. Esse é o melhor brinquedo da USJ, mas eu sempre fico um pouco enjoada depois.

Child Switch Card at the Forbidden Journey

Cartão de Child Switch do Forbidden Journey

Quando terminamos, passamos pelo Empório do Filch e voltamos para o castelo para fazer o Castle Walk, que eu amo muito mais do que o brinquedo em si. Não tem fila e é muito maravilhoso passear pelo castelo no nosso tempo e ver os detalhes. Vale MUITO a pena!

Quando saímos do castelo, o sol estava começando a se por. Andamos por ali para ver o castelo de Hogwarts e fomos no The Flight of The Hippogriff de novo.

Inside Hogwarts

Dentro de Hogwarts

Quando saímos dele, rodamos pelas lojas, tomamos uma cerveja amanteigada e esperamos pelos Comensais da Morte. Não precisamos esperar muito. Alguns fogos de artifício marcaram o o começo da Hora do Terror e os Comensais da Morte apareceram. Dois bruxos apareceram juntos e eles lutaram, muito bem feito.

E aí tudo o que a gente queria fazer por ali tinha acabado.

Potions Classroom at the Dungeons. We could hear noises from inside

Sala de Poções: dava pra ouvir barulhos de dentro

Acho que foi nessa hora que as crianças entenderam que teria zumbis passeando pelo parque. A gente queria ir para o Hollywood Dream mas os zumbis apareceram. E eles eram bem medonhos, bem reais. Eles não atacam as pessoas, mas as crianças estavam aterrorizadas, chorando e tudo. A gente se perdeu fugindo dos zumbis e acabou na parte do Jurassic Park. Foi bom, porque a Coral queria ir no Jurassic Park – The Ride. A fila não tinha zumbis e eles conseguiram se acalmar um pouco, mas ainda estavam com medo. O brinquedo escuro não ajudou muito, mas a queda de 25.9 metros fez a gente ficar feliz por um tempo.

Pouco tempo.

Hogwarts, USJ

José olhando dentro do Pensieve

Eu parei na lojinha para perguntar se tinha algum caminho sem zumbis e a resposta negativa caiu como uma bomba nas crianças. Me disseram que o Wonderland não tinha zumbis e, apesar da gente já ter passeado por lá, acabamos indo de novo. As crianças desistiram do Hollywood Dream e a gente passou nossos últimos momentos do parque ouvindo aquelas musiquinhas irritantes de novo. Depois de brincar um pouco, resolvemos comer uma pipoca e ir embora. Deixamos o parque por um caminho sem zumbis, pouco depois das 9 da noite.

Hogwarts USJ

É ou não bonito demais?

Vários restaurantes do City Walk já estavam fechados e a gente acabou comendo no Hard Rock Café. Foi bem caro, mas a gente comeu bem e descansou antes de ir embora.

OK, agora vem o que eu acho do Halloween do USJ: É DEMAIS! Os zumbis são muito reais, eles andam sem nunca tocar em ninguém, então é tranquilo. Se as suas crianças gostam dessas coisas, vá! Se eles não gostam, acho que não é uma boa ideia. Nossas últimas 3 horas de parque não foram muito divertidas.

Halloween USJ

A batalha entre os bruxos e os Comensais da Morte

Depois que saímos, percebi que a gente deveria ter deixando o Wonderland para o final do dia e feito todo o resto antes da noite. Os Comensais da Morte não são assustadores porque não sangram e não tem feridas horríveis pelo corpo. Para nós, foi bem besta ter ido nessa época.

 

Check it out!!!

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] f*da. A gente não estava esperando zumbis tão reais, mas gente… Foi no Universal Studios Japão, era Halloween e eles basicamente arruinaram nossa noite. Sério. Tinha zumbi em todos os lugares. […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta