Curiosidades e dicas sobre o Japão

Colecionamos algumas curiosidades e dicas enquanto estivemos no Japão. Espero que achem útil, ou pelo menos, interessante!

– As japonesas são quase sempre mostradas em animês vestindo roupas justas e curtas, mas na verdade elas usam roupas larguinhas e, durante os meses de verão, elas usam mangas longas e calças/saias compridas, para evitar os danos causados pelo sol. Durante os meses mais frios, é mais comum ver mulheres usando roupas curtas do que no verão.

iga-ueno castle

O caminho para o castelo de Iga-Ueno, Mie

 

 

– Não sei como eles fazem, mas a gente não ouve barulho de criança de noite. Nada. Os adultos fazem barulho madrugada afora às sextas e sábados, mas no resto dos dias, silêncio. Eles levam barulho a sério.

– Existem os banheiros estilo ocidental e oriental. O ocidental, com vasos altos, do jeito que a gente usa normalmente, em geral têm filas longas, mas confie em mim quando eu digo que os vasos orientais, baixinhos, são excelentes! É mais fácil fazer o que a gente tem que fazer sem encostar em nada, só lembre de fazer virada para a parte mais alta da privada. E joga o papel dentro do vaso.

– Falando em banheiros, nos banheiros residenciais (e alguns comerciais), existe uma pia acima do reservatório de água para descarga. Você pode e deve lavar as mãos ali mesmo. Nas casas que eu visitei, eles mantém um sabonete para mãos ali para isso.

– Sempre leve um lencinho com você. Ele vai secar seu suor, suas mãos depois do banheiro (porque nem todo banheiro tem papel ou secador de mãos) e ainda servem para te proteger do sol.

ninja village

A placa de banheiro mais fofa, na Vila Ninja de Iga-Ueno

– Use suas moedas, pode procurar com calma que eles estão acostumados e preferem esperar do que ter que te dar milhares de moedinhas.

– Tatuagens não são bem vindas em piscinas, onsens (as piscinas naturais de águas termais) e algumas praias. Mesmo quando não há controle nem regras (como em algumas praias), as tatuagens garantem que você tenha um espaço livre em volta de você. Se for em cidades bem pequenas, pode até conseguir esvaziar a praia para você.

– As pessoas usam os celulares o tempo todo. É incrível que não haja muitos e muitos acidentes por ali.

– A internet móvel é muito boa – usamos o tempo todo.

– Não tem muita internet gratuita. Encontramos alguma no aeroporto, no Mc Donald’s e em algumas salas de espera.

nara deer

Um lindo cervo de Nara

– Eles usam todo o espaço disponível de maneira incrível. No começo, é difícil lidar com a falta de espaço, mas depois que acostuma, fica difícil voltar atrás.

– Eu peguei um pacotinho de biscoito canino e devolvi para uma moça que derrubou uma vez. Ela me agradeceu muito e a gente foi embora. Ainda cruzamos com ela algumas vezes, e ela me agradeceu em todas as vezes. Se acostume a agradecer profusamente para sempre. E a pedir desculpas também.

 

 

– Comida japonesa não é só peixe cru, mas é quase sempre doce, saudável e fresca.

– Nem todas as praias são próprias para banho. Na verdade, poucas são. Sério.

– Eles colocam muito esforço em não atrapalhar ninguém, então mesmo conversar dentro de transporte público é considerado feio.

– Bicicletas são um meio de transporte comum, usado por todos, desde criancinhas, executivos, mães com 2 filhos à idosos. Existem muitos estacionamentos de bicicleta, e existem muitas bicicletas paradas em locais proibidos. Eu vi uma pessoa, em um dia de chuva, de bicicleta, segurando um guarda chuva e mandando mensagem pelo celular (ou caçando Pokémon, vai saber).

Buddhist altar

Um altas budista em Iga-Ueno

– Não se come andando, é falta de educação. Se for comer, sente. Ou, pelo menos, pare.

– Apesar da água ser servida gratuitamente em todos os locais, chá também é muito comum. Eu tomei chá em banco, oculistas e em todos os lugares possíveis. As crianças, por outro lado, acabam não tomando nada muitas vezes porque não gostam de chá.

– Casais, e até grupos de amigos, usam roupas combinando. Adoro.

– Apesar das pessoas não poderem fumar na rua, em alguns restaurantes, parquinhos e lojas, eles podem.

– Algumas (a maioria das) ruas são bem estreitas e são mão-dupla, com muitos pedestres e bicicletas e sem calçada.

– Têm muitos corvos, em todos os lugares. TODOS OS LUGARES!

crows in japan

Corvos sobre uma plantação de arroz em Suzuka, Mie

Se eu lembrar de alguma coisa, vou adicionando!

O Japão é um país incrivelmente diferente do que estamos acostumados. É fascinante, mas bem confuso de vez em quando. Fiz uma coletânea com curiosidades e dicas sobre aquele país incrível! Clique para saber tudo!

Um pin prontinho para facilitar a vida!

Quão diferente é da onde você mora? Conta pra gente nos comentários!

 

SaveSave

SaveSave

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta