Conversa de mulher: menstruação, absorventes, copos menstruais, o meio ambiente, e dinheiro

Vamos falar sobre menstruação e os copinhos menstruais! Eu uso há 10 anos e resolvi falar sobre o assunto! Clica pra ler tudo!

Um pin pronto para facilitar a vida nessa fase delicada

Atenção: conversa gráfica, sangrenta e pessoal. E esse post contém links afiliados: se você comprar por eles, eu recebo uma pequena porcentagem sem custar nada para você!

Quando eu cheguei em Madri, em 2006, descobri um mundo novo: o da consciência ambiental. Tinha tantas possibilidades de mudar o mundo, tantos jeitos de melhorar a minha vida sem acabar com o planeta! Então, comprei fraldas de pano para o meu filho caçula e várias menores para o bebê que estava na minha barriga. Junto, comprei uns absorventes de pano e meu primeiro copinho, o Mooncup. Eu não menstruei por um ano depois da compra, mas quando comecei a usar, minha vida mudou.

Eu sempre tive menstruações terríveis. Elas vinham nos piores momentos, não se importando se eu tinha menstruado há 2 semanas ou há 3 meses. Também é sempre muito forte, eu acabo precisando usar 2 absorventes noturnos, um mais pra frente, um mais para trás da calcinha. Especialmente de noite. E ainda assim, acordava pra trocar algumas vezes por noite. Nunca pude usar nada além dos noturnos.

Eu também tinha cólicas horríveis num mês, nada no outro. É simplesmente imprevisível.

Sobre os tampões: nunca usei porque eles são desconfortáveis, não são seguros, e eu morro de medo da infecção que ele pode causar.

Menstrual cups are a life saving item in every female travelers' life!

Minha pequena coleção de copos menstruais. Ainda bem que eles ocupam zero espaço na mala

Comecei usando os absorventes de pano depois que tive meu bebê. Sim, dá mais trabalho do que os descartáveis, mas não era nada horrível. Eu tirava, jogava dentro de um baldinho com água e deixava lá até a hora do banho. Quando eu ia tomar banho, jogava tudo dentro do box e, literalmente, pisoteava enquanto tomava banho. Depois, jogava na máquina. Eu gostava deles, mas eles se mexiam tanto que quase sempre vazavam. Não tem nada, na verdade, segurando eles no lugar como os descartáveis, então quando eu saía de casa, usava um descartável.

Com o copinho menstrual (e foi o Mooncup porque era o único vendido naquele lugar naquela época), eu ainda preciso acordar para esvaziar uma ou duas noites por menstruação, mas tirando isso, nunca tive problemas.

Bom, claro, as primeiras vezes foram bem melequentas, acabava sendo desconfortável, eu sentia o copo quando mudava de posição. Mas ainda assim, foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida.

Eu uso desde 2008, só troquei uma vez. Comprei um novo em 2011 porque não encontrava o meu. Claro que ele apareceu alguns meses depois, e eu acabei com 2. Joguei o mais velho fora só antes de começar essa viagem, e ele ainda estava utilizável, apesar de manchado.

Eu não tinha muito planos de trocar meu Mooncup, já que ele dura 10 anos, mas no Brasil, minha prima me deu um Fleurity. Eu odiei. Era mole demais e, apesar de ser super confortável e maior que o meu, eu demorava 20 minutos toda santa vez que ia esvaziar para colocar de volta. E tinha vezes em que ele simplesmente não abria. Joguei fora depois de 3 menstruações estressantes.

Quando cheguei no Canadá, fui olhar a Amazon, só por olhar. Claro que dei a louca e comprei não um, não dois, mas 3 diferentes. Meu Mooncup hoje tem 6~7 anos de uso praticamente contínuo, e e eu nunca mais ia encontrar tanta variedade na minha vida. Comprei.

Agora, tenho o Mooncup, um Sckoon, um Super Jennie, e um Diva cup. Não tive a chance de experimentar todos ainda, mas vou e vou atualizando esse post.

Por enquanto, posso dizer que fiquei decepcionada em ver que nenhum deles dura mais do que 2 anos. O Diva Cup diz 1 ano. Ainda assim, é menos plástico jogado fora do que com os descartáveis, mas eu não fiquei feliz. Gosto do Mooncup, que dura uma década. Por isso, quando for para a Europa, vou comprar um Mooncup para me durar o resto da minha vida menstrual. haha.

Vou tentar responder as perguntas que eu mais recebi durante a vida sobre os copinhos menstruais aqui:

Dói?

Não. Não dói para colocar, para tirar, durante o dia ou a noite. Precisa de prática, mas nunca deve doer.

Qualquer uma pode usar?

Acredito que sim. Bom, você é única, e vai ter um modelo que te cai melhor. Cheque a altura do seu cérvix, leia as avaliações de pessoas de verdade que são como você (yogis, corredoras, nadadoras, dançarinas, mães, o que quer que seja). Compre um e experimente. Se não gostar, não desista. Experimente outro quando puder. Eles não são baratos, mas ainda assim, são muito mais baratos do que as coisas descartáveis. Eu amei o Mooncup desde o primeiro dia, mas quanto mais molinho o copo, mais confortável é. Mas também, mais difícil de encaixar corretamente.

Por que eu colocaria isso lá?

Bom, porque é muito mais econômico, seguro, fácil de usar, faz menos lixo e é mais confortável do que os descartáveis. Mas cada um sabe aonde quer mexer na vida.

Parece tão grande! Como que entra?

Não se coloca o copinho aberto. Em geral, dobra-se de algum jeito e coloca, aí ele se abre na sua vagina. Eu uso a dobra em U para o Mooncup e a dobra 7 para os mais molinhos. Todos funcionam, você só precisa encontrar um jeito que funcione melhor para a combinação você + seu copinho. Sei que dá trabalho começar, mas vale a pena, eu prometo.

E a síndrome do choque tóxico?

Acontece. Esvazie e lave seu copinho uma vez a cada 8 horas e tudo deve ficar bem. Mas não se esqueça de fazê-lo.

É realmente melhor para o ambiente?

SIM! Um copinho dura qualquer coisa entre 1 e 10 anos. Eu usava uns 4 pacotes de absorventes noturnos todo mês. É muito menos lixo, e também menos resíduos da fabricação.

É caro?

Os brasileiros custam entre RS20 e RS80, e os de fora, entre US$20 e US$50. Existem muitas marcas e modelos diferentes, e muita variação no preço. Pesquise e encontre um que te sirva e caiba no seu bolso. Se lembre de que, na pior das hipóteses, vai precisar de outro daqui a um ano. E depois pense no quanto você gasta por mês com descartáveis.

Quanto tempo dura?

Entre 1 e 10 anos. Depende do material, do copo, do cuidado, e de você. Tenha certeza de que está limpo e íntegro (sem buracos, furos, mudanças no formato ou cheiro, queimados, uma camada estranha, se desfazendo).

Precisa tirar e lavar toda vez que for ao banheiro?

NÃO! Eu tiro só quando:

– vou fazer cocô, porque eu tenho medo de deixar cair dentro do vaso cheio de cocô e porque não quero que suje de cocô.
– faz muito tempo desde a última vez que lavei.
– eu sinto que está cheio.

Como você sente que está cheio?

Difícil explicar, mas eu sinto minha vagina molhada, ou eu sinto bolhas. Sim, bolhas. É assim que eu sei que é hora de esvaziar. Nunca vazou o suficiente pra sujar minha roupa, mas manchinhas nas calcinhas acontecem. Você aprende a identificar se usar o suficiente.

Quantos se precisa ter?

Um. E só. Você pode ser a louca dos copinhos e ter vários, mas você não precisa de mais de um. Sério. Eu usei um único por 3 anos. Comprei o segundo porque não encontrava o primeiro. Fiquei com 2, porque encontrei, claro. Mas não precisa ter 2.

Como você cuida deles?

Ferve antes de usar pela primeira vez. Lava com sabonete neutro e água fria imediatamente antes de usar. Repete a cada 8 horas (ou menos, dependendo do seu fluxo – a lavagem, não o ferver). Ferve de novo quando termina sua menstruação, deixa tomando sol por algumas horas e guarda dentro do saquinho (todos vêm com um). Eu guardo os meus junto com as minhas calcinhas. Agora ainda posso deixar um na bolsa.

Sempre enxague com água fria antes de usar água quente, e só use água quente se sentir necessidade.

Como se escolher um?

Pesquisa, ou vai para um mediano. Aparentemente, o Mooncup é mediano. Mas descubra a altura da sua cérvix e encontre um que se adapte ao seu corpo e sua vida. Algumas vezes, as primeiras tentativas não funcionam muito bem, mas é só continuar tentando. Você vai encontrar um que te sirva.

Como faz quando é um banheiro público?

Eu nem tiro. Quando eu preciso esvaziar, eu procuro um banheiro de deficiente porque tem a pia do lado de dentro. Sempre veja se não tem ninguém esperando pra usar E não demore muito. Tire, enxágue e coloque de volta. É só lavar bem quando chegar em casa. Se não tem banheiro de deficiente e eu preciso esvaziar, só esvazio e coloco de volta assim mesmo. De vez em quando eu dou uma limpadinha com papel higiênico (odeio porque sempre fica com pedaços grudados) ou levo uma garrafa de água para lavar no banheiro, mas no geral, só esvazio mesmo.

Uma última dica:

Quando for colocar na vagina, verifique se está aberto e preso. Se não estiver corretamente posicionado, vai vazar e ou ser desconfortável. Dá pra ver passando o dedo por toda a lateral do copo, vendo se está bem aberto. E depois, puxa de leve para baixo. Se ele não mexeu e está aberto, perfeito. Se ele desceu, melhor tirar e colocar de novo. Com o tempo, a gente aprende a fazer isso em segundos.

Para tirar, aperte de leve as laterais e puxe. Só isso.

Let's talk menstrual cups! I've been using them for 10 years and I'm here to tell you all I know about them!

Mais uma foto dos meus bebês só porque eu tenho orgulho. Brincadeira, é para frisar que as diferenças nos formatos, material, cabo, buraquinhos, tudo influencia no encaixe. Você vai encontrar um para você

E eu acho que é isso. Se você tem alguma pergunta, deixe um comentário ou me mande um e-mail e eu vou tentar ajudar do melhor jeito possível!

Enquanto isso, segue a gente no Facebook também!

SaveSave

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta