Colonia del Sacramento, Uruguai, com crianças

Passamos 10 dias em Colonia del Sacramento, no Uruguai, entre janeiro e fevereiro de 2017.

* esse post pode conter links afiliados. Se você comprar através de algum deles, a gente ganha alguns centavos sem te custar nada a mais. 

Colonia del Sacramento é um local histórico em Uruguai. Tem o Bairro Histórico, que é o lugar mais lindo da cidade e aonde passamos nossos dias. Também é um lugar declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial merecidamente.

A gente leu que era um ótimo lugar para se passar um final de semana ou para se fazer um bate-e-volta de Montevideo, mas a gente não se contenta com pouco. Claro que a gente ia querer ficar mais.
Encontramos esse apartamento no Airbnb com ótima localização e um preço bom (relativamente, já que tudo estava absurdamente caro por causa da época) e marcamos por todos os dias em que estava vazia.

sunset colonia del sacramento uruguay

Assistir ao pôr do sol foram os melhores momentos da viagem para mim

O apartamento era bonito, muito bem localizado, mas tinha um problemão: não tem máquina de lavar roupa. A gente já sabia disso porque estava na descrição, e apesar de estar preparados pra isso, foi muito pior do que a gente esperava. A Sol, nossa anfitriã, se dispôs a nos apresentar à pessoa que lava a roupa do apartamento, mas a gente esqueceu.

Tirando a falta da lavanderia, outro problema era o barulho. Algumas partes do teto tinham telha transparente, que ficava lindo durante o dia, mas quando chovia ou ventava, minha gente, era muito barulho. A gente não conseguia nem conversar sem gritar. Por sorte, só tivemos 2 dias de chuva.

Como a gente já estava no Bairro Histórico, andamos por todas as partes mais turísticas de Colonia. Todos os dias. Ficou até cansativo ao final da primeira semana, mas continuamos passeando. Nada não pode ser curado com sorvete e pôr do sol.

Colonia vintage cars uruguay

Carros antigos, árvores, grama, céu azul e o rio. Por todos os cantos!

Assim que chegamos na cidade, ficamos maravilhados. As ruas de paralelepípedos, com árvores em ambos os lados, as casas antigas, os sons dos pássaros, as pessoas andando  em carros de golf, tudo era perfeito. Foi amor à primeira vista.

O lugar é, realmente, maravilhoso. Uma pena que seja tão pequeno. Sinceramente, 2 dias seriam o suficiente pra ver tudo e ir embora maravilhado. A gente foi avisado, mas não conseguiu resistir à tentação de conhecer o lugar a fundo. Acho que uma semana teria sido o ideal para nós, porque os últimos dias foram longos… E aquela pilha de roupa pra lavar só aumentando…

De Colonia tem uma balsa que vai para Buenos Aires (Argentina). A gente não foi porque o nosso orçamento já estava estourado só com os aluguéis das casas.

Em um dos dias, alugamos um carro de golf (no lugar mais barato com atendimento decente, porque a locadora mais barata tinha um atendente que se recusou a olhar pra nós enquanto a gente fazia as perguntas – ele estava vendo um filme) e passeamos por Colonia. Era uma segunda e, infelizmente, todos os museus estavam fechados. Só passeamos, mesmo. Fomos até o fim de Colonia, nadamos no Rio de la Plata e, na volta, derrubei meu celular. Foi terrível – tinha fotos das crianças, contatos, e-mails, logins e tudo o mais lá. Por sorte, os uruguaios são gente finíssima e um deles encontrou o celular e nos devolveu. Foi um alívio enorme.

bastion del carmen colonia uruguay

As crianças brincando no Centro Cultural Bastion del Carmen

Vimos o pôr do sol quase todos os dias da Rambla, e eu recomendo que você também o faça. É hipnotizante e diferente a cada dia. Nos finais de semana, tinha gente tocando música, pegamos um desfile de moda (?) e até um ensaio de carnaval. Foi bem legal.

O Centro Cultural Bastión del Carmen é outro lugar legal. É lindo e tem uma vista incrível. A gente foi lá pra deixar as crianças correrem um pouco, ficar olhando a paisagem e é grátis (além de ser do outro lado da rua).

RESTAURANTES

Uma das coisas que me irritava era o fato de alguns restaurantes não aceitarem cartão de crédito. No Uruguai, quando a gente paga com cartão, a gente recebe o imposto de desconto na hora. Se o pagamento é feito com dinheiro, não se recebe esse desconto. Era meio irritante sentar, começar a escolher a comida e descobrir que eles só aceitavam dinheiro.

Enquanto a gente esteve lá, comemos várias vezes no Mercosur. É um restaurante barato, que aceita cartão de crédito e tem atendimento bom. O Zé até ganhou uma pulseira de um dos atendentes lá. O melhor, porém, é que se você compra pra comer em casa, tem um desconto de 50%. Foi excelente pro nosso bolso e acabava saindo mais barato do que cozinhar. Dava pra fazer o arroz e a salada em casa e comprar a carne e a batata lá.

colonia map uruguay worldschool

O Zé mostrando pra Coral aonde a gente estava

Também nos falaram que o SOS Gardel era um buffet com tudo incluso e a gente pensou que poderia ser uma refeição bem boa, mas foi muito decepcionante. A carne estava ou queimada ou crua, as saladas eram poucas e não estavam frescas, a sobremesa estava ruim. Nem o atendimento se salvava e os banheiros estavam imundos. Foi uma péssima experiência.

A La Pipetuá tem uma comida bem boa, mas não aceita cartão. É bem do lado do Farol, então é fácil de achar. A comida infantil era maior que a de adulto, foi bem louco.

Por último, o Vintage Resto. Comida deliciosa, mas o calzoni era enorme e ninguém avisou. Pedimos um pra cada criança e nenhum deles comeu nem a metade.

Não poderia faltar o sorvete. Fomos no El Cali (sorvete OK, atendimento horrível), no La Bendita (sorvete OK, atendimento OK e uma vista linda) e no Bortolot. O último foi o nosso favorito, com atendimento excelente, sorvete delicioso e servido lindamente. Foi, provavelmente, o melhor sorvete do Uruguai. Caro, mas tem promoções durante a semana que fazem ficar mais acessível.

colonia uruguay street

É assim que todas as ruas deveriam ser

SUPERMERCADOS

Tinha 2 mercados, o Económico e o SuperUSA, a 5 minutos de ‘casa’. Ambos são pequenos, tem uma variedade limitada e são bem careiros. Apesar de tudo isso, compramos lá várias vezes porque era bem perto. O Económico não aceita cartão, uma falha enorme por causa do desconto do imposto.

Tinha o Tata no shopping de Colonia, que é maior, tem mais variedade e é mais barato, mas a gente não achou que valia a pena andar a meia hora até lá. O shopping também não era legal, só tinha um restaurante e poucas lojas. Apesar de tudo, tinha um circuito de Kart (que a gente não foi).

LAVANDERIA

Encontramos 2 lavanderias. Usamos a Arco Iris porque a outra, apesar de dizer ‘ABIERTO’, nunca tinha ninguém pra atender a porta (trancada). Nossas roupas demoraram um dia pra ficarem prontas e chegaram cheirando mal, como se tivessem guardado em saco plástico ainda molhadas. Tivemos que lavar tudo de novo na próxima casa, então não recomendamos. Lave o necessário na pia e pendure em algum lugar.

barrio historico colonia uruguay

Como não se apaixonar pelo Bairro Histórico?

Fomos e voltamos pra Colonia de ônibus. Usamos COT porque tinha as melhores avaliações, tinha muitos horários disponíveis e os preços eram os mesmos para todas. As viagens duraram umas 2 horas e foram tranquilíssimas. Tinha até wi-fi no ônibus. Compramos as passagens e tomamos o ônibus em Tres Cruces. Dá pra comprar na hora, mas a gente ficou com medo de chegar e ter que esperar horas com as crianças e as malas, então compramos alguns dias antes.

Foi isso! Nosso guia de Colonia del Sacramento, com ou sem crianças.

colonia del sacramento uruguay with kids

Paredes antigas de fortes, pedras nos chãos, o rio e as crianças

Se você perdeu, tem fotos e videos no Facebook e Instagram!

INDO E VOLTANDO PARA MONTEVIDEO

7 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] os ensaios tanto em Colonia quanto em Montevideo, apesar de que a gente só viu pela janela em […]

  2. […] Colônia del Sacramento. Foram umas três horas de ônibus até o terminal de Colônia, e em Três Cruces, quando a gente estava esperando, o pai foi pegar um chip de internet pra a […]

  3. […] para Colonia e voltamos pra Montevideo. Nos últimos dias, ficamos nesse apartamento. É perto da Ciudad Vieja […]

  4. […] gente foi para Colonia de ônibus. A viagem demorou 2-3 horas, mas eu nem liguei quanto demourou porque eu fiquei jogando […]

  5. […] gente já tem um post sobre Colonia, mas esse aqui é só sobre as coisas que todo mundo deveria fazer quando visita essa cidade […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta