Avaliação AirNZ para famílias com crianças

A gente viveu na NZ por mais de 6 anos. É esperado que a gente tenha voado de AirNZ, e a gente o fez algumas vezes. Nesse post, vou avaliar o nosso último vôo, de Auckland à Tóquio, em setembro de 2016. A gente voou em classe econômica, por pouco mais de 11 horas em um vôo noturno.

Foi nossa primeira viagem oficial dessa volta ao mundo que estamos dando, só tínhamos 3 malas despachadas, uma do Angelo (com coisas de todo mundo, como jogos de tabuleiro, produtos de higiene, remédios, redes de mosquito, etc), uma praticamente vazia (a gente sabia que ia comprar coisas no Japão) e uma com presentes para as nossas famílias no Brasil. A gente estava viajando leve pela primeira vez.

 

 

airnz

No Aeroporto de Auckland, esperando a decolagem!

Como de costume, chegamos cedo no aeroporto. A gente sempre tenta, só para ter uma leve segurança. Pudemos fazer o check-in automático e foi bem legal. Algumas máquinas estavam desligadas, outras estavam travadas, só tinha 2 atendentes para ajudar as 20 famílias tentando fazer o check-in automático ao mesmo tempo. Ainda assim, elas foram bem respeitosas e prestativas. Devemos ter demorado uns 20 minutos no total, porque a gente ficou um tempinho esperando uma delas poder nos ajudar com as malas que a gente ia despachar.  Ainda assim, foi bem mais rápido do que o check-in normal.

inside airnz airplane

Os assentos e telas novinhos: foi muito bom ter um vôo aonde tudo funcionava perfeitamente bem…

O avião era super novo. A gente já tinha viajado de AirNZ em aviões bem chochos, mas esse estava lindão! Tudo funcionava perfeitamente: as telas, os fones, os botões todos, a ventilação. Os bancos eram confortáveis o suficiente, mesmo estando na econômica (só não eram espaçosos) e a gente conseguiu descansar até que bem. Até a temperatura e a umidade estavam boas, não aquele congelado super seco da maioria dos aviões.

As crianças (incluindo a Melissa, que não quis) receberam um kit com lápis de cor, um livrinho de atividades, alguns adesivos e um broche AirNZ. Para ser honesta, eles nunca usam os kits, mas eles gostam de ver o que vem. Dessa vez, a Coral usou o dela enquanto assistia a um filme. Acho até que 2 deles ainda têm os broches.

Como a gente tinha pedido a comida de criança para eles, a comida dele veio antes. Eu acho isso o máximo porque nos dá tempo de ajudá-los a comer (especialmente quando são pequenos, tipo a Coral) antes da nossa comida chegar. Isso não é exclusivo da AirNZ, todos os últimos vôos que a gente pegou foram assim. A gente também gosta de pedir a comida de criança para eles porque elas são mais bonitinhas e apetitosas do que as comidas de adulto. Aliás, a comida nesse vôo foi a melhor que a gente já comeu em aviões. Tinha gosto de comida, tinha uma cara boa e até cheirava bem. Eu comi um monte, e olha que eu não gosto de comida de avião.

 

 

airnz junior crew

O Zé entregando as balas no vôo: já tem até profissão!

A gente estava viajando de noite, então tinha combinado com as crianças que a gente poderia ver um filme (2, se não estivesse nadica de nada cansados), e depois ia dormir. Eles viram um filme e dormiram. Adoro também que a comida é servida logo no começo da viagem, assim eles comeram enquanto viam o filme e dormiram assim que as bandejas foram recolhidas. As luzes da cabine foram reduzidas e aí até eu, Angelo e Coral dormimos.

Os banheiros tinham um papel de parede de borboletas, que eu achei bem divertido e só descobri que aquelas borboletas eram fictícias no final do vôo. No meio do vôo alguém deu a descarga sem fechar a tampa do vaso, provavelmente, e espalhou xixi por todo o banheiro, o que foi horrível. Ainda bem que a gente ainda tinha 3 outros para usar.

Uma hora faltando para chegar em Tóquio, uma das comissárias chegou para perguntar se alguma das crianças queria ajudar a distribuir as balas. As crianças ficaram em dúvida, mas o Zé resolveu ir e ele se divertiu. Foi a primeira vez que eles tiveram essa chance, e a gente achou ótimo! O Zé ficou todo orgulhoso e gostou da experiência.

Quando fomos recolher nossas malas, depois de chegar em Tóquio, tivemos a primeira decepção: uma das nossas malas estava molhada e cheirando a peixe. A gente não reclamou porque a gente queria ir logo pra casa e todo o vôo foi tão bom que a gente não queria acabar com a magia. E foi a mala vazia.

airnz candies

Zé otgulhoso do trabalho cumprido, exibindo a recompensa

Esse foi um dos melhores vôos que a gente pegou até hoje. Foi confortável o suficiente, tinha comida boa, serviço bom, com horário certo e tudo funcionou perfeitamente!

Qual foi o melhor vôo que você já teve?

 

SaveSave

SaveSave

SaveSave

1 responder
  1. Maria Zulmira
    Maria Zulmira says:

    Viajei com a JAL e foi maravilhoso, os outros deixaram muito a desejar. Olha, achei o máximo a carinha do Zé distribuindo os doces… rsrsrs lindo!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta