Animais que vimos até agora parte 1 – por João

Oi, é o João e hoje eu vou fazer um post sobre os animais que vimos até agora nesta viagem! Eu sou um geek sobre bichos então se eu exagerar, por favor, fale, e vamos começar!

Nº um: Caranguejo Maria-Farinha, Ocypode Quadrata, Brasil.

A gente estava em Cananéia, dando uma volta na praia com a família da minha tia, quando a gente viu o caranguejo Maria-Farinha. Se algum de vocês acha que não é o caranguejo Maria farinha por favor fala, eu vou te ouvir.
Voltando ao post, ele estava lá, sem fazer nada da vida, só que quando a gente chegou a mais ou menos 2 metros dele ele se afastava pra ficar com essa distância entre a gente. Quanto mais a gente andava na direção dele mais ele ia embora, até que de uma vez, do nada, ele correu na direção da água, E simplesmente submergiu na água. Ele estava lá, não cavou, simplesmente afundou na areia. Igual um fantasma. Em inglês o nome deste caranguejo é Atlantic Ghost Crab, que significa caranguejo fantasma atlântico, e talvez e por causa disso. Medonho.

Algumas pessoas chamam ele do “alien oculto, secreto das profundezas antigas do mar.” Medonho né?

Atlantic ghost crab

Siri amarelo…!

Nº dois: Veado Sika, Cervus Nippon, Japão.

Isso foi muito hilário. Elas correm, elas mordem, elas te seguem, elas mordem mais ainda!! Na verdade elas só querem Shika Senbeis. Shika Senbeis na verdade são só bolachas feitas pra os veados, colocados a venda por 150¥ por sacolinha, pra você dar pra os veados.
Um dos veados mordeu a bunda do meu pai. Hehehe.
Entrar no parque é de graça, o nome é Nara Park, e dentro do parque é muito cheio de veados por todo qualquer canto! Foi muito legal!!!! Tem alguns templos dentro do parque, só que pra entrar neles você precisa pagar. Mesmo assim a gente foi.

Aparentemente os veados eram comuns no norte de Vietnam, também eram comum na área nordeste da Rússia, agora rara naquelas áreas, só no Japão que elas estão incrivelmente vivas e comum. Na verdade, deu até medo de ver quantas tem.

nara deer

O veado mordeu a bunda do pai!

Nº três: Tubarão lixa, Ginglymostoma cirratum, Brasil.

Esse é no Projeto Tamar de BA, que tem entrada paga, mas vale muito a pena, com todos os bichos marinhos, então eu gostei bastante. Esse tubarão era bem preguiçoso, e só levantava do fundo do tanque pra comer. Ele só ficava esperando no fundo do tanque esperando para algo acontecer.
Quando eles começaram a dar comida, a gente podia encostar nele, e quando chegou a minha vez, ele fugiu. Simples assim. 

Buaaaahhh! Por que eu? Eu estava tão ansioso pra encostar nele, mas ele fugiu!!! Buaaaaaah!!! Não consegui descobrir muita coisa sobre este tubarão, tirando o fato que ele consegui crescer até 03.08 metros em total! Não tem muita surpresa aí.

shark tamar salvador brazil

Olhe pra o tubarão!!!

Nº quatro, Bebês de tartaruga, Dermochelys coriacea, Brasil.

Esse também foi no Projeto Tamar, eu estava tão ansioso pra ver uma tartaruga de couro, até que eu vi uma placa sobre a tartaruga, bem ao lado do tanque e pensei: “É aqui!” E quando olhei pra dentro, não tinha nada a ver com a tartaruga. A coisa mais parecida com a tartaruga de couro eram os bebês. Eles eram tão bonitinhos!!!!! Voltando ao assunto, essas tartarugas também são conhecidas como tartaruga gigante, que é o 4° maior réptil do mundo, atrás de três crocodilos.

Essa tartaruga é diferente de outras tartarugas, por causa de sua casca. Ela, em vez de ser ossuda e dura, essa é só carne e pele. Estranho né?

leatherback turtle hatchlings salvador brazil

Tartarugas bebês!!!!!

Nº cinco: Falcão Neozelandês, eu acho, Falco novaeseelandiae, Brasil.

Eu estou muito na dúvida, só que esse foi o único falcão que parece o que eu vi. Se você sabe qual falcão esse é, ou sabe que esse é o falcão neozelandês, por favor fale. Ele parece muito, mas é meio estranho achar esse falcão no Brasil.
Continuando, era o último dia que a gente estaria em Salvador, então a gente foi pro elevador Lacerda. Antes da gente entrar no elevador, eu vi uma águia! Aí, a gente entrou no elevador. Quando a gente subiu de novo, a águia ainda estava lá! E eu, obviamente queria ir então, eu e o pai fomos.
Quando a gente ficou mais perto, eu vi que não era só uma águia, também tinha dois falcões! O pai perguntou qual eu queria ver de perto, e quando u ia escolher a águia, ela soltou um grito, que deu medo. Então, eu escolhi o falcão menor. Quando a gente chegou, a pessoa segurando o falcão perguntou se eu queria segurar. Depois de resistir um pouco, eu falei sim, e ela me passou uma luva grossa e pesada, e em cima, o falcão!

Ela perguntou se ela podia tirar uma foto pra colocar no site deles e eu disse sim!

falcon handling

O falcão!!!!!

Se você gostou desse post, deixa um comentário, qualquer pergunta, comentários, e eu te vejo na próxima! Tchau!!!

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta